PUBLICIDADE
Notícias

Professor é preso por comercializar 1300 produtos de forma ilegal

O suspeito Joeliton Pereira Cavalcante foi preso em flagrante na tarde desta segunda-feira, 21, em zona rual de Tauá

13:46 | 23/03/2016
NULL
NULL
Professor do município de Tauá foi preso na tarde desta segunda-feira, 21, por comercializar sem a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) 1128medicamentos, 157 caixas de cigarros, vindo do Paraguai, e 44 garrafas plásticas com gasolina. O suspeito Joeliton Pereira Cavalcante, formado em veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), disse aos policiais que vendia os produtos em casa, mas não esclareceu como adquiriu a mercadoria. 
 
Joeliton foi preso em flagrante na Zona Rural de Veraz Cruz comercializando irregularmente os produtos em um mercadinho na Rua Maria Gorete.  A operação foi realizada pela Polícia Militar do Estado do Ceará, por meio do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA), após receber uma denúncia anônima acerca do caso. 
 
Segundo as informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPD), o suspeito não possui antecedentes criminais e foi encaminhado à Delegacia Regional de Tauá. O professor foi autuado por contrabando, por comercializar medicamentos sem receita médica e pelo armazenamento de combustíveis de forma ilegal.
 
Redação O POVO Online 

TAGS