PUBLICIDADE
Notícias

Banco em Tamboril é o mais recente alvo de criminosos no Estado

Agência foi explodida e destacamento da PM e delegacia atacados a bala. Ninguém ficou ferido, porém, e o grupo fugiu sem levar nennhum dinheiro

08:55 | 02/08/2016
NULL
NULL

Desde sexta-feira, 29, o Estado já registrou cinco ataque a bancos. O mais recente ocorreu na madrugada desta terça-feira, 2, na agência do banco Bradesco, em Tamboril, no Sertão dos Crateús. Cerca de dez homens homens utilizaram a técnica conhecida como "novo cangaço", explodindo a agência e acuando, com tiros, os policias no prédio do destacamento da Polícia Militar (PM) e na delegacia da cidade.

No entanto, eles não conseguiram ter acesso ao dinheiro. De acordo com um PM do destacamento da cidade, de identidade preservada, os criminosos pareciam não saber, inicialmente, onde se localizava o cofre, devido as várias explosões feitas em diversos pontos dos bancos. Temendo a chegada de reforços, acredita o policial, eles fugiram, mesmo após já terem conseguido localizar o cofre da agência.

O grupo começou o ataque por volta da 1h30min, quando uma viatura que fazia o patrulhamento no Município chegava na delegacia. Cinco homens então passaram a disparar, divididos na frente e na retaguarda dos prédios policiais, que funcionam vizinhos. A PM localizou cápsulas de escopeta calibre 12, pistola calibre .40 e revólver calibre 38. O policial ouvido pela reportagem acredita que fuzis também foram utilizados, já que um dos disparos chegou a atravessar duas viaturas e atingiu a vidraça de um comércio. Ninguém ficou ferido, no entanto.

Reforços da PM de municípios vizinhos auxiliam nas buscas, mas, até o momento, nenhum suspeito foi preso. Um veículo modelo Volkswagen Parati, de cor azul, com placa de Goiás, foi encontrado abandonada a cerca de 10km de Tamboril. Testemunhas contaram à PM que o grupo ainda usava outros três carros.

 

Histórico

Também haviam sido explodidas nos últimos dias agências bancárias em Parambu (na sexta-feira, 29), Pedra Branca (no domingo, 31) e Cedro (segunda-feira, 1º). Em Fortaleza, também na segunda, uma agência do bairro Aldeota foi arrombada. Com isso, neste ano, já são 36 ataques a bancos no Estado, segundo levantamento do O POVO Online baseado em dados do Sindicato dos Bancários.

Redação O POVO Online
TAGS