PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Metrofor se pronuncia em repúdio a vandalismo contra VLT de Sobral durante passeata

Boletim de Ocorrência será aberto para que o caso seja investigado

21:51 | 30/10/2018
A Cia Cearense de Transportes Metropolitanos divulgou nota de repúdio à “ação de vandalismo”, conforme texto, no VLT de Sobral, distante 234 quilômetros de Fortaleza. Um grupo de pessoas teria causado tumulto entre passageiros e atirado pedra contra o transporte durante passeata política na última sexta-feira, 26. 
  
“Compreendemos que é da democracia a manifestação coletiva por reclamação de direitos e/ou promoção de candidaturas. Porém, esses atos jamais podem descambar para vandalismo, depredação dos patrimônios público e privado e, muito menos, trazer qualquer tipo de constrangimento para pessoas totalmente alheias ao movimento”, diz nota. 
  
De acordo com o texto, os danos causados ao VLT foram superficiais e não comprometeram o funcionamento do veículo, bem como transporte dos passageiros. De qualquer forma, um Boletim de Ocorrência (B.O) será registrado. “Ainda assim, até mesmo pelo transtorno causado aos passageiros, um Boletim de Ocorrência será aberto para que o caso seja investigado e os responsáveis possam ser identificados e punidos, de acordo com a lei”, finaliza. 

Confira nota na íntegra. 

Nota de repúdio

27 DE OUTUBRO DE 2018 - 20h07min

A Cia Cearense de Transportes Metropolitanos vem a público repudiar, veementemente, a ação de vandalismo registrada nesta sexta-feira (26/10) no VLT de Sobral, na qual um grupo de pessoas causou tumulto entre os passageiros e também atirou pedras contra o VLT, durante uma passeata política. 

Compreendemos que é da democracia a manifestação coletiva por reclamação de direitos e/ou promoção de candidaturas. Porém, esses atos jamais podem descambar para vandalismo, depredação dos patrimônios público e privado e, muito menos, trazer qualquer tipo de constrangimento para pessoas totalmente alheias ao movimento. 

A cidadania se constrói através de condutas que promovam o bem-estar, a segurança e a preservação do patrimônio, em busca de um estado e de um país mais coletivo, justo e acessível para todos. 

Esclarecemos que, em avaliação preliminar, os danos causados nesta sexta-feira ao VLT de Sobral foram superficiais, não comprometendo o funcionamento do veículo e o transporte dos passageiros. Ainda assim, até mesmo pelo transtorno causado aos passageiros, um Boletim de Ocorrência será aberto para que o caso seja investigado e os responsáveis possam ser identificados e punidos, de acordo com a lei.
 
Redação O POVO Online 
TAGS