PUBLICIDADE
Notícias

Polícia prende homem por estuprar irmã grávida e sobrinha de 8 anos em Sobral

A Polícia Civil apontou que a mulher sofreu um aborto por causa dos abusos sexuais. O homem foi detido, e a criança narrou os detalhes do estupro contra ela e contra a mãe

08:39 | 06/12/2016

Um homem de 22 anos foi preso no último domingo, 4, por estupro contra a irmã grávida, que sofreu um aborto, e contra a sobrinha de oito anos, em Sobral. A mãe da criança e irmã do suspeito contou sobre os abusos ao companheiro, que fez a denúncia.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou que a vítima tentou repreender o agressor durante as investidas, mas foi estuprada na presença da filha. A criança também foi alvo dos abusos e narrou os detalhes do estupro contra ela e contra a mãe à Polícia.

O homem foi morar na casa da irmã depois de sofrer um acidente, há cerca de três meses, ainda conforme a investigação. Ele teve uma discussão com o companheiro da mulher, e os dois chegaram a entrar em luta corporal.

Após a briga, a mulher contou ao companheiro sobre os abusos e explicou que não havia denunciado porque o irmão a ameaçava de morte.

De acordo com a Polícia, a mulher estava grávida de aproximadamente quatro meses, mas abortou devido às lesões sofridas durante os abusos sexuais.

O criminoso foi levado à Delegacia Regional de Sobral, onde foi autuado em flagrante por estupro, estupro de vulnerável, lesão corporal, ameaça e também por provocar aborto.

O caso foi transferido para a Delegacia de Defesa da Mulher de Sobral, que dará continuidade as investigações, ainda conforme a SSPDS.

SERVIÇO
As denúncias de estupro e outros crimes podem ser feitas pelo disque-denúncia 181. 

Redação O POVO Online

TAGS