PUBLICIDADE
Notícias

Quatro pessoas são assassinadas no interior do Ceará

Em Santa Quitéria, o corpo de um homem de 25 anos foi encontrado com perfurações de faca; outros homicídios foram provocados por criminosos em uma motocicleta

14:15 | 26/04/2014
O Comando de Policiamento do Interior (CPI) registrou, durante as últimas 24 horas, quatro homicídios no interior do Ceará, nos municípios de Russas, Quixeré, Crato e Santa Quitéria. A maioria dos crimes configurou-se como execução, em que homens em uma motocicleta atiraram contra as vítimas e fugiram.

O primeiro crime ocorreu na noite da última sexta-feira, 25, em Russas, 160,1 km de Fortaleza. Por volta das 19h10min, Erivaldo Tobias da Silva, 33 anos, conhecido como “Tatuado”, foi executado a bala na localidade de Jardim de São José. Os criminosos fugiram sem serem identificados, conforme o CPI.

Em ações similares à de Russas, outras duas pessoas foram mortas em Quixeré e no Crato, por volta das 20h30min de sexta. Um jovem de 18 anos, identificado como Francisco Cassiano de Santana, foi morto por dois homens em uma moto quando andava na praça de Quixeré. Ele foi atingido com seis disparos de arma de fogo e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos em veio a óbito. Cassiano respondia na Justiça pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

No Crato, José Albino dos Santos Filho, 25 anos, foi executado na última noite, também por homens em uma moto, no bairro Vila Lobos.Os acusados fugiram em direção ao localidade de Arajara. Albino, assim como a vítima de Quixeré, respondia por crimes na Justiça. Ele era acusado de homicídios, porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Um cadáver com perfurações de faca no pescoço foi encontrado na última sexta, no município de Santa Quitéria. O corpo, segundo informações do CPI, estava na localidade de Tocaia e foi identificado como Francisco Willian Mesquita, 25 anos.

Ao todo, 41 pessoas foram presas e seis armas foram apreendidas pelo CPI Norte e CPI Sul. Até às 14h30min deste sábado, 26, o CPI não registrou nenhum homicídio no interior do Estado.

Redação O POVO Online

TAGS