PUBLICIDADE
Notícias

PM é baleado em tentativa de assalto e mata suspeito; 2° suspeito sofre tentativa de linchamento

Dupla efetuou disparos contra o soldado após perceberem que ele era policial. A população ainda tentou linchar o adolescente de 17 anos, comparsa do suspeito de assalto que morreu com um tiro na cabeça

15:09 | 23/03/2016

Um policial militar matou um suspeito e feriu outro após reagir a uma tentativa de assalto em um mercadinho, na manhã desta quarta-feira, 23, em Russas, 160 km de Fortaleza. O soldado, identificado apenas como Alexandre, estava à paisana e também foi baleado durante troca de tiros.

Segundo a Polícia Civil, um adolescente e um homem anunciaram o assalto por voltas das 12 horas, mas teriam percebido que o soldado era policial e efetuaram disparos contra ele. “O adolescente atirou nele, mas ele reagiu e alvejou o adulto na cabeça", disse o inspetor Alex Micol.

O suspeito de assalto que morreu foi identificado como Fabrício da Silva Leite, 20 anos. O comparsa dele, um adolescente de 17 anos, foi baleado na perna e tentou fugir a pé, mas foi imobilizado por populares, que ainda tentaram linchá-lo. “A PM chegou a tempo e apreendeu o adolescente”, explicou Alex.

O soldado Alexandre foi baleado no braço, mas foi medicado no hospital da cidade e passa bem, ainda conforme a Polícia Civil. O adolescente ferido também foi levado ao hospital, mas já retornou à delegacia para a realização do flagrante.

A Associação dos Cabos e Soldados do Ceará informou que um advogado foi até Russas para acompanhar o soldado da PM durante o depoimento à Polícia Civil. Na noite da última sexta-feira, 18, um policial militar foi baleado após reagir a uma tentativa de assalto quando saía de sua residência, em Fortaleza. Ao todo, cinco policiais foram assassinados no Ceará, em 2016.

O último policial morto foi o subtenente Carlos Herbênio Almeida Silva, que era comandante do destacamento de Jaguaretama. Ele foi surpreendido por dois homens em uma moto quando fazia uma caminhada, no último dia 19 de fevereiro.

 

TAGS