PUBLICIDADE
Notícias

Recém-nascido morto é encontrado em lixão em Redenção

Este foi o terceiro caso de bebês e fetos encontrados em lixões, no interior do Ceará, em menos de uma semana. As causas da morte serão identificadas após exames da Perícia

11:44 | 06/06/2016
O corpo de um bebê recém-nascido foi encontrado por catadores dentro de um saco plástico, em um lixão na localidade de Itapaí, na tarde do último domingo, 5, em Redenção, a 63 km de Fortaleza. A Perícia Forense foi acionada, e o caso será investigado na delegacia da cidade.

A ocorrência foi registrada às 13h10min, quando os catadores ligaram para o quartel da Polícia Militar. O bebê morto ainda estava com cordão umbilical e, dentro do saco, também havia placenta.

"Foi possível detectar que o bebê estava no tempo certo de nascer. Não tinha marcas de violência e ainda não tinha entrado em estado de putrefação", descreveu o sargento Pereira, que comanda o 3º pelotão da 2ª Cia. do 4º Batalhão de Polícia Militar.

O motorista do caminhão de lixo da área contou que o material havia sido coletada no Centro, após a feira livre da cidade. "Todo o processo foi enviado à Polícia. Como não tinha marcas de violência, é possível que a mãe tenha tomado algum remédio ou o bebê tenha morrido de causas naturais após o parto. Estamos esperando o laudo da Perícia", explica o sargento Pereira.

Este foi o terceiro caso de bebês e fetos encontrados em lixões, no interior do Ceará, em menos de uma semana. Na última quinta-feira, 2, um bebê e um feto foram encontrados em lixão, às margens da CE-356, em Baturité. As causas das mortes serão divulgadas após laudos da Perícia Forense, em até 30 dias depois dos exames.

Redação O POVO Online
TAGS