PUBLICIDADE
Notícias

Quixadá recebe lote de medicação vencida

Soro já foi recolhido e não chegou a ser utilizado

21:28 | 05/07/2016

A Secretaria de Saúde de Quixadá recebeu um lote vencido de 33 caixas contendo cloreto de sódio para ser utilizado na medicação de pacientes com dengue, zika e chikungunya, nesta segunda-feira, 4. A carga de medicamentos estava datada em 2 de julho. O soro já foi recolhido e não chegou a ser utilizado.

Procurada pelo O POVO Online, a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa-CE) informou que entregaria nesta terça-feira, 5, 100 novas caixas de soro a Quixadá, compradas com recursos da pactuação feita entre Governo do Estado e municípios para garantir abastecimento à população.
[SAIBAMAIS3]
O órgão explicou que o lote datado em 2 de julho, que chegou a Quixadá vencido, foi doado pelo Ministério da Saúde ainda no mês de junho, dentro do prazo de validade. "No dia 15 de junho de 2016, o Ministério da Saúde comunicou para a Coordenadoria de Assistência Farmacêutica (Coasf) da Secretaria da Saúde a oferta de cloreto de sódio ( solução fisiológica), informando a data de vencimento, 2 de julho de 2016", disse a Sesa por meio de nota.

Chegaram à Coasf 471 caixas da solução fisiológica em Messejana e, em Fortaleza, 480, no dia 27 de junho, faltando apenas cinco dias úteis para distribuição e uso, segundo a Sesa. Com isso, a Coasf enviou email aos municípios comunicando a doação do Ministério da Saúde, destacando a data de validade para que viessem buscar o soro o mais rápido possível e assim ser utilizado nas unidades de saúde dentro da validade.

A Sesa afirma que o município de Quixadá aceitou a oferta e buscou o lote somente nesta segunda, dois dias após o vencimento. Para o órgão estadual, houve imprudência por parte da Coasf por entregar as caixas mesmo vencidas. "A Secretaria da Saúde informa ainda que já adotou medidas administrativas cabíveis de responsabilização pelo ato da entrega".

 

O POVO Online tentou falar com a secretária de Saúde de Quixadá, Brenna Calixto, mas a reportagem foi informada que ela estaria em uma reunião até 19h. Depois deste horário, novas ligações foram feitas, mas não foram atendidas.

 

Redação O POVO Online

TAGS