PUBLICIDADE
Notícias

Grupo armado faz reféns, ataca agências bancárias e explode caixa eletrônico

Cerca de seis homens participaram da ação. Eles tentaram roubar dinheiro dos caixas do Banco do Brasil e do Bradesco, no Centro de Pedra Branca, mas não conseguiram retirar o dinheiro

11:16 | 12/07/2014
Uma quadrilha formada por cerca de seis homens armados atacou duas agências bancárias, na madrugada deste sábado, 12, no município de Pedra Branca, a 261,6 km de Fortaleza. Três pessoas foram feitas reféns durante a ação. Segundo informações do destacamento da Polícia Militar da cidade, os criminosos tentaram arrombar um caixa eletrônico do Banco do Brasil e utilizaram explosivos para dinamitar um caixa eletrônico do Bradesco. Entretanto, o grupo não conseguiu retirar o dinheiro do equipamento e fugiu sem levar nada. Não houve feridos.

Segundo o sargento José Marques, comandante do destacamento no município, a ação foi registrada por volta das 2 horas. "Eles chegaram à cidade em dois automóveis. Estavam vestidos de preto, usavam balaclavas, botas e usavam armas longas. Não sabemos se eram espingardas ou fuzis. Agiram muito rápido, mas não conseguiram roubar nada", relatou o policial.

Testemunhas ouvidas pela PM contaram que os criminosos foram até o Banco do Brasil e quebraram a porta principal com um pé de cabra. Em seguida, o grupo tentou arrombar uma parte do caixa eletrônico com a alavanca para depositarem os explosivos, mas não foi possível. De lá, eles seguiram até o Bradesco, ambos localizados no Centro da cidade. No caminho, três vigilantes de rua foram rendidos utilizados como escudo para impedir uma possível ação da Polícia.

A quadrilha utilizou explosivos em gel para explodir o caixa eletrônico, mas apenas a lateral do equipamento foi avariada, impossibilitando a retirada do dinheiro. Sem sucesso, eles roubaram pertences dos vigilantes e fugiram. Viaturas da PM realizaram várias diligências pela região, mas nenhum dos suspeitos foi encontrado.

Thiago Paiva

TAGS