PUBLICIDADE
Notícias

Grupo rouba banco após manter família de funcionário como refém

Eles passaram cerca de 10 horas no poder do grupo. Até o momento, ninguém foi preso

11:20 | 07/06/2016
Um supervisor administrativo do banco Bradesco, de Parambu, no Sertão dos Inhamuns, esteve sob a mira das armas de criminosos das 21h30 da noite desta segunda-feira, 6, até, aproximadamente, as 7 horas desta terça-feira, 7. Ele só foi libertado após solicitar acesso ao dinheiro à gerência do banco. A esposa e as filhas dele, além de uma babá, também foram feitas reféns na casa da família.

Enquanto parte do grupo conduzia o funcionário à agência, os demais mantinham a família em cárcere. O homem, de identidade preservada, foi libertado na CE-151. As informações são da 2 ª Companhia do 3º Batalhão da PM (2ª Cia/13º BPM). Os criminosos, cerca de seis — segundo depoimento do funcionário —, fugiram levando o carro do funcionário, um Ford Ecosport, de cor branca.

A PM ainda não localizou nenhum dos suspeitos, apesar das buscas realizadas na região. Dois outros carros deram suporte à ação, sendo um deles, segundo uma das vítimas, semelhante a uma caminhonete, de cor escura.

Esta foi a 25ª ação contra bancos registrada no Ceará em 2016. No último fim de semana, em menos de 24 horas, três bancos foram atacados, em Morada Nova, Aracoiaba e Choró.

Redação O POVO Online
TAGS