PUBLICIDADE
Notícias

Homem é preso suspeito de estuprar enteado e confessa crime

Ação foi denunciada anonimamente ao Conselho Tutelar do município

22:40 | 25/09/2017
Um homem de 33 anos foi preso suspeito de estuprar o enteado de 13 anos em Milagres, município localizado a 428,8 km de Fortaleza. De acordo com a Secretaria da Segrança Pública (SSPDS), o homem foi capturado por estupro de vulnerável após denúncia anônima recebida pelo Conselho Tutelar do município localizado  na última quinta-feira, 21. A ação foi divulgada nesta segunda-feira, 25.
 
No dia anterior a prisão, o adolescente foi ouvido pela Polícia e por representantes do Conselho Tutelar e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Na sequência, a vítima foi encaminhada para um núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), onde realizou exames de corpo de delito. O titular da Delegacia de Milagres, delegado Gleydson Machado, pediu o mandado de prisão preventiva contra o criminoso, autorizado pelo juiz da Comarca local.

O homem, que não teve a identidade divulgada pela Polícia, confessou o crime e foi encaminhado para uma cadeia pública após ser ouvido pelas equipes das Delegacias Municipal de Milagres e Regional de Brejo Santo, que realizaram o trabalho. A investigação continua e a Polícia procura ouvir familiares da vítima. Ainda conforme a SSPDS, o adolescente está sendo assistido pelos profissionais do Creas. 
 
De acordo com a Lei 12.015, sacionada em agosto de 2009, o estupro de vulnerável ocorre quando o crime é cometido contra adolescentes de até 14 anos. Pessoa com enfermidade ou deficiência mental, que não tenham discernimento para o ato ou não tenha condições de resistir, também entram na Lei dos Crimes contra a Dignidade Sexual. É prevista pena de prisão de oito a 15 anos para o crime. 

Denuncie
 
Pais ou responsáveis que descubram casos de abuso ou estupro contra crianças devem procurar a delegacia mais próxima ou se direcionar ao Conselho Tutelar do município. A Polícia orienta ainda que populares que tenham informações também auxilie os trabalhos policiais realizando denúncia por meio do número 100, o Disque Direitos Humanos, que abrange esse tipo de crime contra crianças.

Denúncias também podem ser realizadas pelos números 181 e 190, este último sendo da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). O telefone da Delegacia Municipal de Milagre é o (88) 3553-5290. A Polícia Civil garante o sigilo.
 
Redação O POVO Online
TAGS