PUBLICIDADE
Notícias

MP pede a exoneração de 51 cargos temporários em Mauriti

15:11 | 27/08/2013

O Ministério Público do Ceará (MP-CE) enviou uma recomendação a Prefeitura de Mauriti. O órgão pede a exoneração de 51 cargos temporários contratados pelo processo seletivo instaurado no edital de janeiro de 2013. O documento foi assinado pela promotora de Justiça Juliana Mota.

No documento consta uma lista de profissionais de diversas áreas de atuação, como motorista, recepcionista, vigilante, atendente de farmácia e cozinheira. Segundo o MP-CE, a Prefeitura de Mauriti não justificou qual a situação pontual que determinou na nomeação de servidores não efeivos para o referido cargo. Além disto, o órgão argumenta que a contração irregular de servidores público configura ato de improbidade administrativa.

A recomendação pede que o prefeito do município, Francisco Evanildo Simão da Silva, encaminhe a Promotoria de Justiça os atos de exoneração assinados e publicados dos 51 cargos temporários, em até dez dias úteis. Caso não haja o cumprimento da recomendação, medidas judiciais serão adotadas.

 

Redação O POVO Online

TAGS