PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Centro de testagem para Covid-19 em Maracanaú pode testar até mil pessoas por semana

Equipamento similar para testagem gratuita da população deve ser instalado também na Praça do Ferreira até próxima segunda-feira, 17

Ítalo Cosme
16:56 | 14/08/2020
Testes de Covid-19 feitos em Fortaleza (Foto: Fabio lima)
Testes de Covid-19 feitos em Fortaleza (Foto: Fabio lima)

O Centro de Testagem para Covid-19 instalado no município de Maracanaú pode examinar até mil pessoas por semana, média de 200 testes por dia. A população não precisa marcar para realizar o exame. Basta comparecer no local com documento de identificação com foto. Desde a última quarta-feira, 12, o equipamento recebe demandas da Região Metropolitana e de Fortaleza. A expectativa do Governo do Estado é disponibilizar espaço semelhante na Praça do Ferreira, no centro da Capital, até a próxima segunda-feira, 17.

“Não há previsão para fechar o Centro de Testagem. Enquanto a pandemia existir, deve ficar. A proposta é atender todas as pessoas”, pontua Liana Perdigão, diretora do Laboratório Central de Saúde Pública. Segundo ela, o atendimento é espontâneo para sintomáticos e assintomáticos. O acesso ao resultado ocorre pelo aplicativo Saúde Digital.

O exame é do tipo RT-PCR, um dos mais fidedignos para o diagnóstico. A coleta ocorre por meio da raspagem de material nasal. De acordo com a Sesa, mais 500 mil testes já ocorreram em todo o Estado desde o início da pandemia. A média diária de análise é 2,5 mil.

A assistente social Rosenilda Lopes, 45, fez a testagem no segundo dia de funcionamento do Centro. Nesta sexta-feira, 14, decidiu levar o pai idoso para realizar o procedimento. “Já estou na linha de frente desde o início da pandemia. Nos últimos dias eu estou sintomática. Um pouco. Decidi aproveitar a testagem para saber minha situação”, justifica.

“Nós somos da área de saúde e recebemos todo o tipo de demanda. Como meu pai está um pouco gripado, decidi trazê-lo logo. Eu já divulguei para muita gente, todos os amigos já sabem. Muitos não têm condições de pagar. Às vezes, podem achar burocrático. Mas esta é a oportunidade certa de fazer o exame”, comenta Rosenilda.

Zeneide Carvalho, 66, técnica de enfermagem, trabalha no hospital de Maracanaú e decidiu procurar o Centro de Testagem instalado no mesmo local para passar pelo o exame. Do grupo de risco, Zeneide ficou quatro meses distante do trabalho para reduzir as chances de contaminação.

“Eu estou evitando me expor. Mas eu tive uma gripe. Fui no posto, mas o médico descartou. Não tive febre, vômito ou perda de paladar ou olfato. Hoje, vim fazer um exame de imagem com minha colega e soube dos testes gratuitos, vim logo fazer. Com fé em Deus, não tive e não vou ter”, espera a técnica em enfermagem. Em pouco mais de 20 minutos, ela conseguiu realizar o teste no equipamento.

Depois de um vizinho falecer em decorrência da Covid-19, o cabeleireiro Pedro Gomes, 66, apressou-se para passar por uma testagem. Devido aos preços “caros”, adiou o procedimento. Mas foi surpreendido com a informação do espaço montado próximo de casa. Assintomático, o idoso lamenta a morte do amigo ao dizer que teve contato com ele nos últimos dias.

Serviço

 

Centros de Testes

Centro de Testagem em Maracanaú
Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas
Local: rua João de Alencar, S/N, Centro, Maracanaú

Drive Thru 

Hospital Geral de Fortaleza (HGF)
Funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 17h
Local: rua Ávila Goularte, 900 - Papicu

RioMar Kennedy
Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Local: entrada 3, avenida Dr. Theberge