PUBLICIDADE
Notícias

Quarta delegacia é atacada em menos de 48 horas

Ação danificou as portas do distrito policial e o carro de um inspetor. Antes, já haviam sido atacadas o 19º DP, o 27º e o 23º

19:15 | 05/03/2016
NULL
NULL
O 20º Distrito Policial (20º DP), em Maracanaú (Grande Fortaleza) foi alvejada com tiros na tarde deste sábado, 5. A delegacia do bairro Acaracuzinho foi a quarta atacada em menos de 48 horas na Região Metropolitana. Contando atentados a ônibus e prédios públicos, esta foi a 12º ação criminosa desde a manhã da quarta-feira, 2.

De acordo com um inspetor do 20º DP, de identidade preservada, os tiros atingiram as portas de vidro da delegacia e um carro de um inspetor — quebrando vidros das janelas e danificando o motor do veículo. No momento da ação, apenas um inspetor estava na delegacia, já que ela não é plantonista.

O POVO apurou que as câmeras de vigilância da delegacia possuem problemas de filmagem, o que deve dificultar o registro da ação.

Histórico
Já haviam sido atacados o 19º DP, no Conjunto Esperança, e o 27º DP, no Henrique Jorge — ambos na noite de quinta-feira, 3. Neste sábado, 5, pela madrugada, o 23º DP, em Caucaia (Grande Fortaleza) foi alvo da ação de criminosos. Todos os distritos policiais foram alvejados à bala. No 27º DP, uma granada foi arremessada, mas, por não contar com o "detonador", não chegou a explodir.

Leia mais: Confira a linha do tempo dos ataques a aparelhos públicos na Grande Fortaleza

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou que trabalha com cinco linhas de investigação. São elas:

- Retaliação pela morte de um adolescente em confronto com o Raio;

- Resposta à tentativa de suborno para a liberação de mulher presa por tráfico;

- Ordens de líderes de facções que estão presos e alegam maus tratos em unidades prisionais;

- Retaliação pela discussão sobre bloqueio de sinal de celular nas penitenciárias;

- Reação à transferência de um detento para um presídio federal.

Redação O POVO Online
TAGS