PUBLICIDADE
Notícias

Casa de "bingo" é fechada em Juazeiro do Norte

O responsável pelo local, Maikon Gonçalves Pereira, apresentou documentos tentando comprovar que o espaço possuía permissão para o funcionamento. A Polícia não constatou nenhum mandado judicial que autorizasse os jogos de azar

22:31 | 26/07/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Foi fechado na última terça-feira, 25, um imóvel, em Juazeiro do Norte, na região Cariri do Estado, onde funcionava uma casa de jogos de azar, conhecido popularmente por “bingo”, que arrecadava em torno de R$ 400 mil por mês com as realizações das jogatinas.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSPDS), após receber informações da atividade ilegal, policiais civis iniciaram as diligências e constataram, no Centro do município, o funcionamento do local. No lugar, havia mesas e cadeiras com jogadores, além de vários equipamentos, utilizados no funcionamento do estabelecimento clandestino.

[FOTO2] 

O responsável, Maikon Gonçalves Pereira, 38 anos, apresentou documentos tentando comprovar que o local possuía permissão para o funcionamento. A Polícia Civil não constatou nenhum mandado judicial que autorizasse o "bingo" a manter suas atividades. O proprietário do local, que já responde pelo crime de contravenção penal, foi detido durante a operação da Delegacia Regional da cidade.

O homem foi encaminhado para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foi autuado em um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) no artigo 50 da Lei das Contravenções Penal. Além disso, o suspeito ficou como depositário fiel dos materiais apreendidos, até decisão posterior do Poder Judiciário, ou seja, os equipamentos permanecem no prédio, alvo da ação policial.

Redação O POVO Online

TAGS