PUBLICIDADE
Notícias

Motoristas de ônibus entram em greve em Juazeiro do Norte

Sindicato reclama atraso de salários e de benefícios. Também denuncia o arrendamento feito pelas empresas

12:05 | 19/01/2016
NULL
NULL

Atualizado as 12h45min

Os motoristas de ônibus de Juazeiro do Norte (Cariri cearense) paralisaram as atividades na manhã desta terça-feira, 19. Eles decidiram pela deflagração da greve em assembleia realizada na segunda-feira, 11. Nesta manhã, os motoristas se reúnem em frente à sede da empresa Lobo, que, ao lado da Viação São Francisco, oferta o serviço de transporte público urbano na cidade. Às 14h, os trabalhadores devem realizar manifestação na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE) denuncia o atraso no pagamento dos salários, incluindo o 13°. Também estariam atrasados os pagamentos de horas-extras e do vale-refeição. O sindicato também critica a decisão das empresas de pagar R$65 em vez da entrega de cesta básica. Os demais empregados das empresas também estão sendo atingidos, conforme um deles relatou ao O POVO Online sob a condição de anonimato.

De acordo com Edweyne Martins, representante do Sintro-CE, as empresas estão arrendando os ônibus a trabalhadores que não tem a carteira assinada. Ainda segundo o relato, os motoristas são responsáveis, inclusive, por abastecer os veículos, já que os pagamentos diários também estão atrasando. Ele estima que 50% dos motoristas em Juazeiro do Norte estão sob esse regime. Edweyne afirma que somente esses trabalhadores se opõem à greve.
[SAIBAMAIS2]

Conforme o funcionário de identida preservada, alguns motoristas dos ônibus arrendados estão entregando os veículos, pois afirmam não estarem obtendo lucro. Aos funcionários, as empresas dizem "não ter dinheiro" para os pagamentos, contou a fonte. 


Juazeiro do Norte conta com, aproximadamente, 30 ônibus em circulação, estima Edweyne Martins, um contingente menor que o necessário para atender a uma população de cerca de 250 mil pessoas, afirma o sindicalista. Onze linhas de ônibus atendem a cidade. De acordo com um funcionário, que não quis ser identificado, a empresa Lobo está circulando com apenas oito veículos.

Assessor de transporte do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Josivam Pereira diz que uma licitação foi publicada em 13 de janeiro, visando a melhoria da frota de ônibus na cidade. O texto prevê que as empresas pleiteantes devem oferecer novas linhas, novos horários de circulação, ônibus com idade média de, no máximo, 10 anos, e elevadores para garantir acessibilidade aos cadeirantes e idosos. Em aproximadamente dois meses, o processo deve ser findado, garante o procurador do município, João Vítor Grangeiro

O POVO Online não conseguiu contatar as empresas Viação São Francisco e Lobo na manhã desta terça-feira, 19.

Redação O POVO Online
TAGS