Participamos do

Preso um dos suspeitos de matar dentista em Jaguaruana

O crime ocorreu no último dia 15 de novembro, data da eleição do 1o turno. O segundo suspeito continua foragido
12:59 | Nov. 26, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um dos homens suspeitos de assassinar o dentista Lázaro Teles Felinto, 29, em Jaguaruana, no último dia 15 de novembro, data da eleição municipal, foi preso na manhã desta quinta-feira, 26. Segundo o delegado Alysson Nunes, titular da Delegacia Municipal, foi expedido um mandado de prisão preventiva, realizadas diligências e, com o fechamento do cerco, Francisco Eduardo Pereira Carlos, 38, se apresentou.

Conforme investigação, o dentista se envolveu em uma discussão na avenida Simão de Góis, no bairro Centro, em Jaguaruana, com pessoas já identificadas. Lázaro foi socorrido e levado a uma unidade de saúde para receber atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos e teve morte confirmada neste sábado, 21.

Em vídeo divulgado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, o delegado diz que o caso é de grande repercussão e vitimou um dentista que era funcionário do município. Ainda segundo ele, o outro suspeito deve ser preso nas próximas horas ou próximos dias.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O dentista Lázaro Teles, 29, morreu neste sábado, 21, após ser agredido durante a festa de comemoração pela vitória do prefeito eleito Roberto da Viúva, do PDT, ainda no domingo, 15. Os principais suspeitos são filhos de empresários da região. O profissional de saúde foi transferido logo após as agressões para o Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, onde passou por cirurgias durante a semana, mas não resistiu após uma parada cardíaca.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags