PUBLICIDADE
Notícias

Turista da Lituânia é estuprada e roubada em rodovia de Itarema

Os detalhes sobre a ocorrência não foram repassados para não atrapalhar as investigações. A vítima estaria viajando de bicicleta

13:59 | 30/05/2016

Uma turista da Lituânia de 42 anos foi estuprada e roubada na última sexta-feira, 28, na CE-085, em Itarema, a 327 km de Fortaleza. A vítima estava viajando de bicicleta e, após os crimes, foi internada em um hospital de Sobral.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o caso está sendo investigado na delegacia de Itarema, com o apoio da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur).

Os detalhes sobre a ocorrência não foram repassados para não atrapalhar as investigações, ainda conforme a secretaria.

Segundo dados levantados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), uma mulher é estuprada no Brasil a cada 11 minutos no País. O indicativo pode ser muito mais grave, pois apenas de 30% a 35% dos casos são registrados.

Na semana passada,  o caso de estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos, no Rio de Janeiro, gerou comoção nacional. Segundo a SSPDS, 1.580 pessoas denunciaram estupros no ano passado no Ceará. Neste ano, o número já é maior que o do mesmo período de 2015.

Viagem
A turista violentada estava com um grupo de ciclistas da Lituânia e da Polônia, chamado de “BaltiCCycle 2016 - 4th Olympic Expedition from London to Rio de Janeiro”. Eles vinham de Jericoacoara com destino a Fortaleza.

A expedição começou em fevereiro, quando os turistas voaram de Londres para Trinidad e Tobago, onde o percurso de bicicleta começou.

O cronograma dos ciclistas, segundo o site da expedição, inclui Venezuela, Roraima, Guiana, Suriname, Guiana Francesa, Amapá, Pará, Maranhão, Piauí e Ceará. Após a saída da capital cearese, eles devem seguir para Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A chegada ao Rio de Janeiro está prevista para 5 de agosto, data em que está programada a abertura da Olimpíada no Brasil.

 

Redação O POVO Online
TAGS