PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Incêndio em casa em Itaitinga danifica estrutura, móveis e eletrodomésticos; família pede ajuda

Fogo atingiu quarto das três crianças, destruindo o mobiliário, roupas e brinquedos. Eletrodomésticos e eletrônicos estavam ligados à rede elétrica e queimaram

13:36 | 11/01/2021
A família estava em uma festa de aniversário e soube do incêndio por meio de vizinhos, que contiveram as chamas. (Foto: Arquivo pessoal)
A família estava em uma festa de aniversário e soube do incêndio por meio de vizinhos, que contiveram as chamas. (Foto: Arquivo pessoal)

Um incêndio ainda sem causa definida deixou a técnica em radiologia Cinthya Oliveira, o esposo e seus três filhos temporariamente desalojados. O fogo consumiu o quarto das crianças, de 8, 3 e 2 anos de idade, na noite do último sábado, 9 de janeiro. A família estava em uma festa de aniversário e soube do incêndio por meio de vizinhos, que contiveram as chamas.

Grávida de oito meses da quarta filha, Cinthya afirma que a suspeita é de que um curto-circuito tenha dado início ao incêndio, entretanto uma perícia ainda deve ser realizada no local. "Foi por volta das 18h30min, 19 horas. Começou no quarto das crianças e queimou todos os móveis, roupas, materiais escolares e brinquedos deles. Tudo o que tínhamos comprado para a bebê também", conta. "Além disso, todos os aparelhos que estavam na tomada queimaram e a estrutura da casa ficou comprometida", completa.

Relatório do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) dá conta de que a equipe que atendeu ao chamado chegou ao local quando o fogo já havia sido contido pela vizinhança. "Realizamos o rescaldo, após garantir a segurança do local", aponta o documento. A casa ficou sob os cuidados de um tio da família até que Cinthya e o esposo chegassem.

"O bombeiro que atendeu deixou avisado que não poderíamos entrar porque rachou a parede de casa e a parede da casa do vizinho. A gente ainda não conseguiu a perícia da Enel. Desde sábado estamos na casa da minha sogra", expõe Cinthya. "As crianças ficaram só com a roupa do corpo, porque tudo queimou, e nós também, porque não conseguimos pegar."

Como ajudar

A família tem recebido doações de amigos próximos e familiares. "Conseguimos algumas coisas e com isso estamos vivendo um dia de cada vez. Tentando resolver a parte burocrática", afirma a mãe. "A gente está precisando de tudo para as crianças. Móveis e eletrodomésticos básicos, também; para pelo menos conseguir ir para outro local enquanto não consertamos a estrutura da casa."

Cinthya conta que "agradece todo tipo de doação". Os contatos podem ser feitos diretamente com ela no número (85) 99424-5570.