PUBLICIDADE
Notícias

Acusados de tráficos de drogas em Horizonte são condenados a 10 anos de prisão

Quadrilha envolvida no crime tinha esquema em Fortaleza e Horizonte, com ações estruturadas para dissimular a ação criminosa

16:17 | 04/11/2014
NULL
NULL

Dois homens foram condenados a 10 anos de prisão por tráfico de drogas. Outro foi incriminado a seis anos por confessar o crime. Eles foram pegos em flagrante durante uma operação policial, no qual foram apreendidos 399,5 kg de maconha dentro de um carro. A decisão foi proferida na segunda-feira, 3, pelo juiz Ernani Pires Paula Pessoa Júnior, da 1ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza.

De acordo com o processo, a Polícia Federal descobriu que os réus Deyvid Islânio da Costa Damasceno, Carlos Alberto Alves da Silva e Raimundo Vilian Serpa traficavam e utilizavam um sítio em Horizonte, na Região Metropolitana, para a recepção e distribuição da droga.

Segundo investigações, outra envolvida, Pâmela Suyane Pessoa Baia, participava arrecadando o dinheiro obtido no comércio decorrente dos entorpecentes, que dissimulava a origem criminosa com a negociação de compras e vendas de veículos usando nomes de terceiros. Posteriormente, os produtos eram revendidos em outros estados. Ela foi condenada a prestar sete horas semanais de serviços à comunidade, durante três anos, em hospitais, escolas e orfanatos.Além disso, deve pagar cinco salários mínimos à Associação dos Missionários da Solidariedade – Lar Amigos de Jesus.

O magistrado Ernani Júnior analisou o caso e destacou que “considerando as provas, oral, pericial e documental produzidas nos autos, bem como toda a investigação policial, não pairam dúvidas quanto à autoria delitiva do tráfico de drogas, com relação aos réus Deyvid Damasceno, Carlos Alberto e Raimundo Serpa”.

Redação O POVO Online 

TAGS