PUBLICIDADE
Notícias

MP pede prisão de acusados de triplo homicídio em Horizonte

As três jovens foram encontradas mortas em um matagal do município, com marcas de violência pelo corpo. Dois dos suspeitos confessaram o crime

20:00 | 11/06/2014
O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) recomendou, nesta quarta-feira, 11, a prisão de dois acusados de matar três mulheres em Horizonte, 40,1 km de Fortaleza, no último dia 30 de junho. Em documento protocolado junto à Vara da Comarca de Horizonte, órgão pede a prisão preventiva de Roni Gomes Leandro de Oliveira e Diego Gonçalves, que já haviam confessado a autoria do crime.

[SAIBAMAIS 1] De acordo com a promotora de Justiça Maurícia Furlani, a autoria e a materialidade do crime estão devidamente comprovadas pelos depoimentos e pelos exames periciais. Os acusados estão sendo denunciados por homicídio triplamente qualificado, estupro e furto, pois os vista os celulares das vítimas ainda foram levados. Roni de Oliveira já responde por dois homicídios e Diego Gonçalves por roubo e homicídio.

Caso
Maria Janaína dos Santos Nunes , 18 anos, Márcia dos Santos Alves, 35 anos e uma adolescente de 17 anos, foram encontradas mortas da manhã do dia 30 de junho, uma sexta-feira. As vítimas apresentavam lesões de pauladas e golpes de faca pelo corpo, segundo a Polícia de Horizonte.

Sete homens, que viviam em um abrigo religioso próximo ao local onde as mulheres foram achadas, eram suspeitos do crime e prestaram depoimento, alem da realização de exames de DNA. As jovens trabalhavam em uma ótica no município de Pacajus. Um veículo da empresa lhes pegava de manhã e as deixavam de volta no fim da tarde.

Na manhã do dia 30, quando não foram encontradas pelo motorista, a Polícia foi acionada. Os corpos foram encontrados em um matagal, próximo ao abrigo dos sete suspeitos, todos ex-presidiários. Duas das vítimas tinham marcas de violência sexual e as três foram mortas com golpes de faca e pauladas na cabeça.

Redação POVO Online

TAGS