PUBLICIDADE
Notícias

Homem é preso e confessa assassinato de funcionário em escola de Guaiúba

Ele foi preso horas após o crime, na manhã desta quarta-feira, 27

13:44 | 27/06/2018

Rafael da Silva Celestino foi preso na manhã desta terça, 27, e confessou ser o mandante da morte do funcionário de uma escola no Centro de Guaiúba (Região Metropolitana de Fortaleza).

 

[SAIBAMAIS] 

Alan Rosário Nogueira, 36, era assessor financeiro da Escola de Ensino Fundamental e Médio José Tristão Filho. Ele foi atingido por disparos de arma de fogo e socorrido a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito fugiu de carro.

 

A prisão do mandante ocorreu poucas horas após o crime. Ele foi identificado e capturado dentro de casa, onde confessou a participação. De acordo com os primeiros levantamentos, a vítima estaria em relacionamento com a ex-companheira de Rafael, o qual, com ciúmes, pagou a quantia de R$ 1,5 mil para dois homens, já identificados pela Polícia, cometerem o homicídio.

 

Rafael foi conduzido à Delegacia Municipal de Guaiúba, onde está sendo autuado por homicídio qualificado. A Polícia Civil e Polícia Militar seguem em diligências para capturar os demais envolvidos na ação criminosa.

 

Educação

A assessoria de imprensa da Secretaria da Educação do Estado (Seduc) informou que "todas as providências necessárias" foram tomadas e que Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 1, em articulação com a escola, acionou a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro ao funcionário.

 

"Todos os estudantes encontravam-se em sala de aula e não presenciaram o ocorrido. Como se tratava do último dia de aula do semestre, os alunos foram liberados para as férias", completou a nota. 

TAGS