PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Mulher é presa com mais de sete quilos de skunk no Aeroporto de Jericoacoara

O caso está sendo investigado pela Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara

Matheus Facundo
23:29 | 17/02/2020
Mala com skunk, um tipo de maconha com maior potencial ofensivo
Mala com skunk, um tipo de maconha com maior potencial ofensivo (Foto: Divulgação/ SSPDS)

Natali de Lima, 25 anos, foi presa nesse domingo, 16, por tráfico de drogas no Aeroporto de Jericoacoara,  litoral do Ceará. A jovem, natural do estado do Acre, teve voz de prisão dada ao chegar no local para buscar mais de sete quilos de skunk, um tipo de maconha com maior potencial ofensivo.

A Polícia Militar do Ceará, por meio do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), recebeu a denúncia de funcionários do aeroporto sobre uma mala com material suspeito em seu interior. O objeto foi deixado no local com o nome de Natali.

Quando ela voltou para buscar o objeto, os policiais a deteram e apreenderam o skunk. O caso está sendo investigado pela Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara. A acreana foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Natali de Lima não tem passagens pela Polícia do Ceará.