Participamos do

Pai e filho são presos suspeitos de manterem casa de prostituição em Caucaia

Duas adolescentes de 17 anos também foram encaminhadas à Delegacia de Defesa da Mulher
17:24 | Set. 26, 2020
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um pai de 40 anos e o filho, de 18, foram presos suspeitos de manterem um estabelecimento comercial que funcionava como local de exploração sexual. O caso foi registrado na sexta-feira, 25, em Caucaia. Ambos foram encaminhados à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde um inquérito policial foi instaurado.

A ação foi realizada pela Polícia Militar do Ceará, que recebeu denúncias anônimas sobre um imóvel que servia para as práticas delituosas. Na ocasião, além do pai e do filho, duas adolescentes de 17 anos foram conduzidas à DDM de Caucaia.

Os militares apreenderam um caderno de anotações da movimentação financeira do local e uma quantia em espécie.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Após o depoimento de todos envolvidos na ocorrência e diante das provas colhidas durante a diligência policial, pai e filho foram autuados em flagrante por favorecimento à prostituição.

Nomes dos suspeitos não foram divulgados pela Polícia Militar do Ceará para resguardas vítimas.

O que diz a Lei

 

Art. 218-B. Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 anos ou que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, facilitá-la, impedir ou dificultar que a abandone. A pena para a prática criminosa é de reclusão, de quatro a dez anos. Incorre nas mesmas penas o proprietário, o gerente ou o responsável pelo local em que se verifiquem alguma das condutas anteriores.

Denúncias

 

A população também pode colaborar com o trabalho policial ligando para o número (85) 3101-7926, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Caucaia. Não é necessário se identificar.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente