PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Filho de vereador assassinado durante carreata em 2016 é morto em Cascavel

Motivo do crime ainda não é conhecido, de acordo com SSPDS. A vítima respondia por um homicídio cometido instantes após o pai ser assassinado, em, 2016

13:00 | 27/04/2019

Alan Franklin de Souza, 30, foi assassinado na noite desta sexta-feira, 26, no município de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza. Ele era filho de José Valmir de Sousa, morto durante campanha de reeleição para seu mandato na Câmara dos Vereadores de Aiuaba, em 2016. Alan Franklin tinha passagens pela Polícia por um homicídio cometido minutos depois da morte do pai.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Alan Franklin estava transitando em uma motocicleta quando foi abordado por suspeitos que atiraram contra ele. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu. Equipes da Polícia Civil e da Perícia Forense foram ao local fazer as primeiras apurações do homicídio.

Pai da vítima desta sexta, José Valmir havia sido assassinado durante ato de campanha, em 2016
Pai da vítima desta sexta, José Valmir havia sido assassinado durante ato de campanha, em 2016 (Foto: TSE/Divulgação)

Além de responder por homicídio, Alan era acusado de lesão corporal, porte e posse irregular de arma de fogo. Na ocasião em que matou a vítima identificada como Pedro Lopes, Alan também baleou outra pessoa. A Polícia, na época, não viu relação entre o assassinato de José Valmir e os praticados por seu filho, mesmo os crimes tendo acontecido em um intervalo de poucos minutos.

A Delegacia Metropolitana de Cascavel é responsável por investigar a morte de Alan para esclarecer a motivação, bem como prender os suspeitos dos disparos.

Redação O POVO Online