PUBLICIDADE
Notícias

Semace apreende 285 aves silvestres em Cascavel

Entre os espécimes estavam canário pirrita, azulão, abre fecha, casaca de couro, galo de campina, além dos ameaçados de extinção periquito de sertão e papacu

12:23 | 01/04/2014
NULL
NULL

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) estourou um cativeiro irregular de aves silvestres no município de Cascavel, 64,3 km de Fortaleza, na última semana. No local, foram apreendidos 285 animais nativos de espécies variadas, maior apreensão do tipo feita pelo órgão. O dono do local não estava no momento da apreensão, mas, segundo a Polícia, será investigado.

Segundo a Semace, foi feito o flagrante do cativeiro irregular através de denúncia anônima, na quinta-feira, 27. Uma equipe da Diretoria de Fiscalização (Difis) chegou ao local e encontrou os 285 animais, que foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Entre as aves apreendidas estão espécimes bigodeiro, papa capim, golinha, canário pirrita, azulão, abre fecha, casaca de couro, galo de campina, periquito de sertão e papacu, sendo esses dois últimos ameaçadas de extinção.

[SAIBAMAIS 2] A Semace permanece com as investigações para encontrar o responsável pelo cativeiro. Acusado poderá cumprir pena de detenção de seis meses a um ano, podendo ser aumentada, pois o crime foi praticado contra espécimes raras. Multa será de R$ 201.000, sendo cinco mil reais por cada espécime em extinção e R$ 500 por ave.

Disque Natureza
Denúncias de infração ambiental à Semace podem ser feitas pelo Disque Natureza,através dos números 0800-275-2233 ou (85) 3101-5512. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.


[FOTO2]

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Redação O POVO Online

TAGS