PUBLICIDADE
Ceará
interior do ceará

Jogador de sinuca é morto após perseguição policial; PMs não acham armas e inquérito será instaurado

A Polícia realizou buscas no carro, mas não encontrou armas. Conforme a SSPDS, inquérito policial irá apurar as circunstâncias da ocorrência

21:05 | 01/08/2018
Morreu na madrugada desta quarta-feira, 1º, no município de Campos Sales (a 504 km de Fortaleza), o jogador de sinuca José Messias Guedes Oliveira, de 35 anos. O óbito veio após abordagem policial em veículo que estava a vítima. Além de Oliveira, um passageiro foi ferido de raspão no pescoço. Outras duas pessoas estavam no carro modelo Corola, mas não foram atingidas.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que policiais militares foram acionados para verificar atividade suspeita em um carro. Foram ao local e avistaram o automóvel sendo guiado na contramão pela CE-371. A viatura iniciou perseguição ao veículo, mas o carro, segundo versão do órgão, não parou e nem reduziu a velocidade.
 
O apoio de outras viaturas foi solicitado para montar bloqueio na entrada de Campos Sales. Segundo a SSPDS, o motorista acelerou em direção às viaturas e os policiais dispararam contra os pneus, momento em que a fuga foi interrompida.
 
Os militares se aproximaram e abordaram os suspeitos. Viram, então, que dois homens foram atingidos. Ainda conforme a nota, mesmo a após ser socorrido, Oliveira não resistiu e morreu.
 
"A Polícia realizou buscas no carro, mas não encontrou armas. Está sendo instaurado um inquérito policial na Delegacia Municipal de Campos Sales, com o intuito de apurar as circunstâncias da ocorrência", informa o comunicado.
 
Redação O POVO Online