PUBLICIDADE
Notícias

Projeto cearense de prevenção à violência é finalista de prêmio nacional

Iniciativa desenvolve ações lúdicas para educar crianças sobre direitos e formas de denunciar agressões domésticas. O prêmio divulga resultado nesta quarta-feira

18:00 | 16/11/2016
NULL
NULL

[FOTO1] 

Projeto do município de Campos Sales, a 494 km de Fortaleza, é finalista de premiação nacional que reconhece ações desenvolvidas para crianças com até seis anos. O Ludicidade - Prevenindo a Violência na Primeira Infância surgiu como desafio à Associação Comunitária do Guarani para reverter o quadro de violência doméstica entre as crianças participantes de ações sociais da entidade. Três anos após a criação e em meio ao reconhecimento nacional pela Fundação Abrinq, idealizadores afirmam que denúncias de agressões diminuíram.

O foco do projeto são atividades de prevenção e garantia de direitos na primeira infância. Pelo menos 60 famílias são atendidas. Tanto pais quanto crianças são assistidas nas ações, que incluem visitas domiciliares, rodas de conversas, palestras socioeducativas, oficinas de brinquedos populares e acompanhamento psicossocial.

Segundo Cícera Alencar, coordenadora da Associação Comunitária Guarani, as crianças vão à instituição no contraturno escolar. “Durante as brincadeiras as crianças acabam contando situações que presenciaram de violência. A partir daí, a gente começa a desenvolver ações, reuniões e trabalhos psicossociais com elas e os familiares”, explicou.

Os diversos projetos da entidade atendem 620 famílias de bairros periféricos do município. Conforme a coordenadora, no Ludicidade foram selecionadas as pessoas com maior vulnerabilidade ou histórico de violência. “A gente percebe que reduziu a violência doméstica logo quando as crianças são informadas de como denunciar e se defender. Empiricamente, a gente já não teve nenhum caso de agressão neste ano”, contou a coordenadora.

Prêmio

O Prêmio Criança, da Fundação Abrinq, reconhece a cada dois anos iniciativas voltadas à primeira infância. A divulgação dos cinco projetos escolhidos ocorre na noite desta quarta-feira, 16, em São Paulo. O projeto cearense disputa com outras 129 iniciativas, ficando entre as 10 finalistas.

Segundo Andreia Lavelli, líder de Programas e Projetos da Fundação, são escolhidas ações nas áreas de educação, saúde e proteção infantil. “É uma forma de reconhecer iniciativas inovadoras, que tenham relevância para a área da primeira infância”, explicou.

TAGS