PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Empresário suspeito de expulsar moradores em Beberibe é liberado quatro dias após prisão

O cearense de 67 anos foi detido em Brasília, na operação Dunas. A ação foi realizada pela Polícia Civil do Ceará e a Polícia Civil do Distrito Federal

Jéssika Sisnando
19:51 | 15/12/2020
 CASAS demolidas na comunidade Tabubinha, em Morro Branco (Foto: DEFENSORIA PÚBLICA DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO)
 CASAS demolidas na comunidade Tabubinha, em Morro Branco (Foto: DEFENSORIA PÚBLICA DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO)

Francisco Moacir Pinto Filho, empresário preso suspeito de expulsar moradores em Beberibe, cidade a 82 quilômetros de Fortaleza, recebeu o alvará de soltura no último sábado, 12. 

A Polícia Civil prendeu o homem na tarde da última terça-feira, 8, sob a suspeita de tentativa de homicídio contra moradores da comunidade Tabubinha, em Beberibe. O cearense de 67 anos foi detido em Brasília, na operação Dunas. A ação foi realizada pela Polícia Civil do Ceará e a Polícia Civil do Distrito Federal.

LEIA MAIS: 

Suspeito de tentar matar moradores em Beberibe teria reunido pessoas armadas para expulsar habitantes

Empresário é preso suspeito de tentar matar moradores de comunidade em Beberibe com tratores

A investigação da Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), apurou que o empresário teria reunido pessoas para expulsar os moradores dos respectivos imóveis. Em duas ocorrências distintas, homens armados foram a um terreno com tratores para destruir as edificações. O grupo afirmou que estava a serviço do empresário.

Os levantamentos apontam que o homem teria ordenado uma série de ameaças e destruição de casas na região. A iniciativa criminosa teria interesse comercial. A Polícia aprendeu mais de meio milhão de reais em moedas nacional e estrangeira no apartamento do suspeito.