PUBLICIDADE
Notícias

Mulher é presa suspeita da morte de italiano em Beberibe

Turista foi morto após reagir a assalto. Ele teve a sua casa invadida na madrugada deste sábado, 3

20:07 | 04/12/2016

A Polícia Civil prendeu neste domingo, 4, uma mulher suspeita da morte do turista italiano Alberto Antonio Pierlugi Baroli, 51 anos, vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) na madrugada deste sábado, 3, em Beberibe. Quatro pessoas suspeitas de envolvimento no crime foram identificadas e estão foragidas.


A mulher presa pela Polícia foi identificada como Damiana Paiva da Silva, 27 anos. Ela teria praticado o crime com dois sobrinhos de 16 anos - um menino e uma menina, e dois homens.


O material roubado no latrocínio contra o italiano foi apreendido na casa do adolescente, em Fortaleza, de acordo com a delegada Socorro Portela, titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia também apreendeu os pertences roubados de uma residência vizinha a do turista, que foi assaltada pelo mesmo grupo.


O crime
O estrangeiro estava com a companheira, também italiana, em uma casa localizada na Praia das Fontes. A vítima estava dormindo quando dois infratores arrombaram o portão dos fundos da casa e subiram ao quarto do casal.


Antonio Pierlugi acordou logo após a companheira e tentou reagir ao assalto, entrando em luta corporal. Ele foi lesionado à faca e morreu no local.


A mulher, que não teve identidade revelada, chegou a ser trancada no banheiro. Os suspeitos levaram 5 mil euros, um computador e um celular. Fugiram em seguida.

TAGS