Polícia identifica suspeito de duplo homicídio em casa de espetáculo
PUBLICIDADE
Notícias


Polícia identifica suspeito de duplo homicídio em casa de espetáculo

A delegada que preside o inquérito diz que desavenças pregressas entre os homens teria motivado o crime

11:07 | 05/01/2016
A polícia civil já tem a identidade do principal suspeito de matar Raimundo Nonato Costa Filho, de 29 anos, e Luiz Gonzaga Lemos Neto, de 26, em um duplo homicídio ocorrido na madrugada de domingo, 3, em uma casa de espetáculo de Banabuiú, no Sertão Central do Estado.

Um homem identificado pelo apelido de Pio teria matado os homens por serem desafetos dele, conforme a principal linha de investigação da polícia. As desavenças teriam surgido pela participação de Luiz Gonzaga em um assalto. Gonzaguinha, como era conhecido, tinha prisão preventiva decretada, afirma Roberta Lizianne Leite Rodrigues, titular da Delegacia Municipal de Banabuiú. Até esta quarta-feira, 6, a prisão preventiva de Pio deve ser decretada, afirma a delegada Roberta Lizianne.
[SAIBAMAIS3]
No momento do crime, Pio estaria com três homens, identificados como Murilo, João Neto e Pelado. Pio ainda não foi localizado pela polícia, mas os acompanhantes dele já foram ouvidos pela delegada. Os homens teriam fugido do local do crime em dois carros, um Hyundai Veloster de cor branca e um Palio também branco. Os veículos foram flagrados pelas câmeras de vigilância de um posto de gasolina.

O crime
A confusão ocorreu por volta das 1h50min, pouco antes do término da festa na casa de espetáculo Caldeirão do Forró. O homicida teria passado pela segurança da festa com uma arma e atirado em Gonzaguinha e Raimundinho, como eram conhecidos. Na ação, ainda foram atingidos Francisco Fábio Lemos, Antônio Ermison da Silva, Carlos Antônio Bezerra e Renner Freitas, que era irmão de Raimundo. Nenhum deles corre risco de morte. A investigação aponta que os quatro homens foram vítimas de balas perdida.

Redação O POVO Online
TAGS