Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Prefeitura de Assaré é alvo de operação contra fraude em licitação; 13 mandados foram cumpridos

A casa do prefeito Evanderto Almeida também foi alvo de busca
09:10 | Dez. 04, 2019
Autor Rubens Rodrigues
Foto do autor
Rubens Rodrigues Repórter do OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Atualizada às 10 horas

Uma operação contra fraude em licitação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira, 4, no município de Assaré, 469,9 km distante de Fortaleza. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, inclusive na sede da Prefeitura. Celulares, equipamentos eletrônicos e documentos foram apreendidos no prédio da gestão municipal e nas casas do prefeito Francisco Evanderto Almeida e de empresários.

Empresas em Juazeiro do Norte e em Fortaleza, além de Assaré, também foram alvo dos mandados expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará. A operação também chegou aos imóveis de residência do chefe de gabinete do prefeito, Francisco Paulo Paiva Almeida.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A ação é do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap). A operação Coisas de Pai teve apoio de promotores de Justiça da região do Cariri e do Departamento Técnico Operacional (DTO) da Polícia Civil do Estado do Ceará.

Em nota, o MPCE afirma que as ordens judiciais são decorrentes de procedimento investigatório criminal que tramitam na Procap. "As investigações do MPCE apontam suspeitas de cometimento de crime de peculato em diversas contratações, como por exemplo no fornecimento de combustíveis, realização de obras e na locação de veículos, com possível participação de autoridade com foro por prerrogativa de função", diz.

O POVO tentou contato com o prefeito Evanderto Almeida e com o chefe de gabinete, Francisco Paulo Paiva Almeida, por meio do número de telefone da sede municipal. As ligações, no entanto, não foram atendidas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags