PUBLICIDADE
Noticia

Suspeito de matar blogueiro no Ceará é preso três anos após o crime

As investigações até então apontam Patrick Ferreira, 31, como um dos autores da morte de Luís Gustavo da Silva, o "Guga" - ele alimentava um blog sobre crimes ocorridos na Cidade, sendo essa a motivação para o crime. Caso aconteceu em 2017

14:57 | 17/10/2020
Guga articulava as principais notícias da região de Aquiraz, através do blog De Olho em Aquiraz. Assassinato ocorreu há três anos (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Guga articulava as principais notícias da região de Aquiraz, através do blog De Olho em Aquiraz. Assassinato ocorreu há três anos (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Homem suspeito do assassinato de Luís Gustavo da Silva, o blogueiro "Guga", foi preso três anos após o crime. A captura de Patrick Ferreira, conhecido como “Gordinho da Brós”, ocorreu por força de mandado de prisão preventiva executado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Metropolitana de Aquiraz. O crime aconteceu em 14 de junho de 2017 no bairro Piau, na cidade de Aquiraz. A prisão do suspeito foi na última quinta-feira, 15.

Conforme as investigações, Patrick é apontado como um dos autores da morte do blogueiro, assassinado a tiros na porta de casa. Guga alimentava um blog sobre crimes ocorridos na região. A divulgação das informações é considerada a motivação para o homicídio. Patrick Ferreira tem passagens na Polícia por homicídio doloso, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo, furto, receptação, corrupção de menores e posse de drogas.

Com o fim das investigações, a Polícia pediu o mandado de prisão preventiva, deferido pelo Poder Judiciário da região e cumprido na quinta-feira. Patrick foi colocado à disposição da Justiça e a Polícia Civil segue realizando diligências para capturar outros envolvidos.

A população pode contribuir com as investigações através de denúncias, que devem ser feitos pelo Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) pelo número 181 ou pelo WhatsApp da Delegacia Metropolitana de Aquiraz: (85) 9747-7763. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Relembre o caso de Guga

Nas redes sociais, Luís Gustavo se apresentava como analista de marketing, blogueiro e radialista. Trabalhou como assessor na Prefeitura de Aquiraz e também foi assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Ceará (AL). Depois, passou a se dedicar ao blog De Olho em Aquiraz, onde fazia diversas denúncias sobre problemas do Município e divulgava ocorrências criminais da região.

Às 21h30min do dia 14 de junho de 2017, o radialista foi executado com cerca de dez tiros no município de Aquiraz. À época, O POVO apurou que Guga chegava em casa com a companheira, de motocicleta, e foi surpreendido e atacado antes de adentrar a residência. Dois homens armados efetuaram vários disparos e fugiram.

Há duas horas de sua morte, Gustavo havia publicado informações sobre a morte de um adolescente de 17 anos, também executado a tiros por dois criminosos no bairro Gruta, na cidade da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Tratava-se de José Yuri Sanguinetti da Costa. 

Em publicação no site, Guga detalhou que o adolescente havia sido "alvejado a tiros e ainda foi golpeado com uma pedrada na cabeça". À época, a suspeita era de que a morte do blogueiro estaria relacionada à divulgação da prisão de um grupo que seria ligado a uma das facções criminosas com atuação no Estado.