PUBLICIDADE
Notícias

Após pedido de socorro para afogamento, Corpo de Bombeiros reforça cuidados em relação a banhos

15:46 | 01/05/2017

O registro de uma ocorrência de afogamento, na manhã deste domingo, 1º, em Aquiraz, alerta para cuidados de banhos em rios do Ceará. Um pai e o filho, junto com um terceiro homem, conseguiram sair da correnteza durante a manhã, após boiarem na área próxima ao rio Pacoti, em Aquiraz. Corpo de Bombeiros e uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foram acionados, mas não houve necessidade de resgate.

O caso foi registrado às 10h55min, depois que o homem foi puxado pela correnteza. O filho dele entrou na água para dar apoio ao pai, e ambos boiaram até conseguirem sair do local, com apoio de um terceiro homem, supostamente um surfista. "Os três conseguiram sair por contra própria, sem necessidade de resgate ou condução ao hospital", detalhou o tenente-coronel Marcos Costa, relações públicas da Ciopaer.

A capitã Juliany Freire, porta-voz do Corpo de Bombeiros, explica que é "totalmente desaconselhável" banhos em foz de rios. "A correnteza é muito forte, mesmo se o rio estiver secando. Áreas como o Caça e Pesca e Barra do Ceará são muito perigosas para banhos. A recomendação é para a população evitar banhos nessa regiões".

Segundo ela, os três banhistas da ocorrência dessa manhã conseguiram sair da correnteza, aparentemente, por terem mais experiência . "O nadador sabe que não adianta lutar contra a correnteza, deve se deixar levar pela correnteza até achar um lugar mais propício para sair ou a chegada do resgate, pois o nado pode fazer ele cansar e até passar mal", diz Juliany.

A maioria dos afogamentos no Ceará são registrados em mananciais de água doce, como os açudes.

TAGS