PUBLICIDADE
Notícias

Após acidente que matou criança, bugueiro é indiciado por homicídio culposo

A família é de Pernambuco e estava no Ceará apenas para o feriado de Carnaval. O resultado do inquérito foi divulgado nesta segunda

19:12 | 21/03/2016
O acidente de buggy, em Aquiraz, que matou uma criança de oito anos teve inquérito concluído. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o bugueiro identificado como Antônio Ilemar Nunes dos Santos foi indiciado por homicídio culposo. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira, 21.
 
O caso, ocorrido no dia 6 de fevereiro, foi investigado pela Delegacia Metropolitana de Aquiraz. O titular Lira Ximenes foi responsável pelo inquérito.
 
De acordo com o major J. Júnior, comandante da 1ª Companhia do 15º Batalhão, o motorista fugiu após o acidente e se escondeu em uma casa na localidade das Treze, na Prainha. Ele foi localizado e se apresentou à Polícia no dia 11 de fevereiro. Por ajudar a socorrer as vítimas, Ilemar Nunes prestou depoimento e foi liberado em seguida. 
 
O acidente que matou a criança ocorreu por voltas das 10h30min do sábado (6), nas dunas da Prainha, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O menino teve a clavícula e pescoço quebrados. Os pais foram feridos e conduzidos ao Hospital de Aquiraz.
 
A família, que estava hospedada no Porto das Dunas, é de Pernambuco e estava no Ceará apenas para o feriado de Carnaval. O POVO apurou que o condutor do buggy é credenciado.
 
Redação O POVO Online
TAGS