PUBLICIDADE
Notícias

Parte de prédio desaba e mata irmãos de 5 e 10 anos

O desabamento ocorreu depois que a laje do último andar do edifício desabou e foi derrubando as outras. Antes abandonado, o prédio havia sido invadido por moradores

12:13 | 21/02/2014
NULL
NULL

Atualizado às 18h04min

Parte de um prédio desabou em Aquiraz, na Grande Fortaleza, na manhã desta sexta-feira, 21, e matou dois irmãos, um de 5 e outro de 10 anos. 

Segundo o titular da delegacia do município, Tarcísio Coelho, o Corpo de Bombeiros foi ao local para ajudar na retirada dos escombros, mas os meninos, identificados como Pedro Henrique de Sousa Maciel, o de 5 anos, e Antônio Wiliam Sousa Maciel, de 10, já estavam mortos. No momento do desabamento, eles estavam no primeiro andar do prédio.

A mãe das vítimas teve escoriações leves e foi encaminhada por ambulância do Samu ao hospital da cidade. Segundo o delegado, não havia mais ninguém no local além da família.

Ainda de acordo com Tarcísio, o desabamento, que ocorreu por volta de 10h30min, na Prainha, foi ocasionado depois que a laje do último andar do edifício, que tem cinco pavimentos, desabou e foi derrubando as outras em um efeito dominó.  

Antes abandonado, o prédio havia sido invadido por moradores "há mais de anos", segundo o delegado.

Apoio às famílias

A Prefeitura Municipal de Aquiraz informou que prestará apoio às famílias vítimas da tragédia. Segundo o órgão, 64 famílias ocupavam ilegalmente o prédio. O Prefeito, Antônio Guimarães decretou luto oficial de três dias no município.

Segundo a Secretaria do Trabalho e Assistência Social, as famílias serão levadas para as dependências da Creche da Prainha e para Escola Rita Paula.

De acordo com a Prefeitura, foram adquiridos 100 colchões, 200 travesseiros e 200 lençóis, além de 60 colchonetes disponibilizados pela defesa Civil do Estado. Ainda segundo o órgão municipal, quatro banheiros químicos estão sendo instalados nos dois locais de apoio às famílias.

Profissionais como assistentes sociais, médicos, enfermeiros e técnicos da Prefeitura Municipal de Aquiraz fazem o acompanhamento dessas famílias e trabalham para estabelecer um local definitivo aos moradores atingidos.

Redação O POVO Online

 









 

TAGS