PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Três pessoas são presas em operação deflagrada para investigar disparos durante sepultamento

Polícia investiga responsáveis por disparos efetuados no último sábado, 19, durante sepultamento no bairro Tabatinga. As buscas pelos criminosos resultaram na prisão de três pessoas por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito

21:52 | 22/06/2021
Com os presos na segunda-feira, 21, foram apreendidas duas armas de fogo, munições de vários calibres, carregadores de pistola e entorpecentes (crack e cocaína) (Foto: Reprodução/SSPDS)
Com os presos na segunda-feira, 21, foram apreendidas duas armas de fogo, munições de vários calibres, carregadores de pistola e entorpecentes (crack e cocaína) (Foto: Reprodução/SSPDS)

Três pessoas foram presas e, com elas, foram apreendidas duas armas de fogo, munições de vários calibres, carregadores de pistola e entorpecentes (crack e cocaína), em Maranguape, a 28 km de Fortaleza. As prisões foram resultado de uma operação do 24º Batalhão da Polícia Militar do Ceará (24º BPM), deflagrada na última segunda-feira, 21, na localidade de Boa Vista dos Valentins. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSPDS), a operação foi uma resposta aos vídeos divulgados em redes sociais, onde indivíduos efetuavam disparos de arma de fogo durante um sepultamento no bairro Tabatinga, no último fim de semana.

Foram presos: Rodrigo Feitosa da Cunha, 27, que possui antecedentes por roubo e estava com um revólver cal .32 com cinco munições intactas; José Gilailson Bernardino de Moura, 45, com antecedentes por praticar vias de fato contra alguém, e Iraclécia Bernardino de Moura, 38, sem passagem pela Polícia.

O material e os suspeitos foram apresentados à Delegacia Metropolitana de Maranguape
O material e os suspeitos foram apresentados à Delegacia Metropolitana de Maranguape (Foto: Reprodução/SSPDS)

Com os dois últimos, foram apreendidos uma pistola calibre .40 com numeração raspada, munições de calibres 12 e .40, carregadores de pistola, uma quantidade de crack e cocaína, além de dinheiro em espécie. O material e os suspeitos foram apresentados à Delegacia Metropolitana de Maranguape, onde Rodrigo Feitosa foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. José Gilailson e Iraclécia Bernardino foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Participaram da ação as equipes do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da Força Tática (FT) e da Subagência de Inteligência do 24° BPM.

Disparos em sepultamento

Os vídeos divulgados nas redes sociais mostravam disparos de arma de fogo durante sepultamento no bairro Tabatinga, em Maranguape, no último sábado, 19. O enterro era de um homem de 22 anos que, segundo a Polícia, tinha antecedentes criminais por homicídio, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e uso restrito.

Na sexta-feira, 18, ele foi visto efetuando disparos de arma de fogo em via pública. Momentos depois, o homem tentou roubar um policial militar de folga, no bairro Novo Parque Iracema, em Maranguape. O indivíduo passou a efetuar disparos na direção do PM, que revidou na tentativa de repelir a agressão.

Na ocasião, o suspeito, que usava tornozeleira eletrônica, foi atingido. O policial apreendeu uma pistola calibre .380, que estava com ele, e se deslocou ao plantão da Delegacia Metropolitana de Maracanaú (DMM), onde prestou depoimento e apresentou a arma recolhida na ocorrência. O caso foi transferido para a Delegacia Metropolitana de Maranguape.

Denúncia

As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101.0181, que é o número de WhatsApp que recebe mensagens de áudio, vídeo e fotografia. Além disso, as informações também podem ser repassadas número (85) 3101.2808, da Delegacia Metropolitana de Maranguape. O sigilo e o anonimato são garantidos.