PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Hospital César Cals amplia serviço para realização de vasectomia; procedimento dura 30 minutos

Após procedimento, paciente não deve sentir desconforto, é liberado para repouso em casa e, no dia seguinte, pode retomar rotina normalmente

13:51 | 25/02/2021
HGCC oferece método contraceptivo masculino no ambulatório de Planejamento Familiar e de Assistência à Saúde Masculina (Foto: Thiago Freitas/ Divulgação/ Sesa )
HGCC oferece método contraceptivo masculino no ambulatório de Planejamento Familiar e de Assistência à Saúde Masculina (Foto: Thiago Freitas/ Divulgação/ Sesa )

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) anuncia a realização de vasectomias em rede ambulatorial. Os procedimentos são feitos no Hospital Geral César Cals (HGCC) e devem durar, em média, 30 minutos. Após a vasectomia, o paciente não deve apresentar desconforto e já pode ser liberado para casa, com recomendação de repouso, voltando à rotina normal no dia seguinte.

O método contraceptivo masculino está ligado ao ambulatório de Planejamento Familiar e de Assistência à Saúde Masculina. De acordo com o médico urologista da unidade, Francisco José Cabral Mesquita, “o HGCC possui uma maternidade referência para pacientes com gestações complicadas, casos graves e complexos. Essas mães, muitas vezes, não podem ou não devem ter filhos novamente e, por isso, resolvemos oferecer mais essa oportunidade, uma via a mais de contracepção para não ficar tudo sobre a mulher”.

Realizar o procedimento

A vasectomia pode ser feita por qualquer homem, desde que cumpra requisitos básicos estabelecidos pela Lei Federal nº 9.263/96, que trata do planejamento familiar. A legislação determina que a vasectomia só pode ser realizada em casos de pessoas com idade acima de 25 anos ou, pelo menos, com dois filhos vivos, desde que cumpra o prazo mínimo de 60 dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico.

De acordo com informações divulgadas pela Sesa, o paciente, encaminhado pela Central de Regulação do Estado, recebe atendimento da equipe multiprofissional, composta por assistente social, enfermeira, técnico de enfermagem, psicóloga e médicos. Ele passa por consulta inicial com o médico urologista; entrevista individual e em casal, com a psicóloga; e conversas com assistente social para documentação e autorização.

Serviço
Serviço Social Ambulatorial: (85) 3101-5408