PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Projeto Viva o Parque é suspenso temporariamente

Medida foi anunciada pela Sema como prevenção à disseminação da Covid-19 e será reavaliada após o fim do decreto especial de fim de ano

12:11 | 16/12/2020
Projeto Viva o Parque é suspenso temporariamente em respeito ao decreto especial de fim de ano, para prevenção da disseminação de Covid-19. (Foto: ALEX GOMES)
Projeto Viva o Parque é suspenso temporariamente em respeito ao decreto especial de fim de ano, para prevenção da disseminação de Covid-19. (Foto: ALEX GOMES)

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) anunciou na manhã desta quarta-feira, 16, a suspensão temporária das atividades do projeto Viva o Parque. A medida, divulgada em mensagem do secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno (PT), está sendo cumprida em caráter preventivo, para reduzir a possibilidade de aglomerações e colaborar para o controle do aumento de casos de Covid-19 no Ceará

A decisão atende aos requisitos do Decreto especial de fim de ano publicado pelo Governo do Estado, em 11 de dezembro de 2020. De acordo com comunicado da Sema, a suspensão ocorre com base no artigo 4º do documento, que afirma: "a Secretaria da Saúde - SESA, de forma concorrente com os demais órgãos estaduais e municipais competentes, se encarregará da fiscalização do cumprimento do disposto neste Decreto, competindo-lhe também o monitoramento dos dados epidemiológicos, para fins de avaliação e permanente acompanhamento das medidas estabelecidas para abertura responsável das atividades econômicas e comportamentais".

SAIBA MAIS | Decreto de fim de ano no Ceará: veja ponto a ponto e entenda o que muda

Dessa forma, estão suspensas todas as atividades do projeto nas Unidades de Conservação (UCs), Parque Estadual do Coco, Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Maranguapinho e Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) do Sítio Curió, em Fortaleza, e Parque Estadual Botânico do Ceará, em Caucaia. A pasta ainda informou que a decisão será revista, de acordo com a avaliação das autoridades, após 4 de janeiro - data em que o Decreto de fim de ano deixa de vigorar no Estado.

A última edição do projeto no ano ocorreu domingo, 13, e contou com aeróbica, yoga, biodança, tai chi chuan, dança de salão, capoeira, slackline, apresentações culturais, jogos coletivos, aulas de dança, de circo, contação de histórias, teatro de bonecos, teatro de rua, malabares, brincadeiras tradicionais, arvorismo, atração com dez estações de ecoaventura e passeio de barco pelo rio, entre outras atividades.

Sobre o projeto

 

O Projeto Viva o Parque incentiva a apropriação dos espaços naturais da Capital e Região Metropolitana de Fortaleza por parte da população. O projeto é realizado nas manhãs de domingo em áreas de Unidades de Conservação Estaduais e conta com programação diversificada para todas as idades: oficinas ambientais, aulas de dança, palestras, contação de histórias infantis, brincadeiras tradicionais, trilhas ecológicas, massagem, apresentações culturais, entre outras.