PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Quixadá recebe o 1º Batalhão de Combate a Incêndio Florestal do Ceará

Equipamento teve investimento de mais de R$ 2 milhões, contando com a construção de 1.400 m² de área, viaturas, material operacional e mobília

20:43 | 07/11/2020
Primeiro Batalhão de Combate a Incêndio Florestal do Ceará fica em Quixadá (Foto: Carlos Gibaja/Governo do Ceará)
Primeiro Batalhão de Combate a Incêndio Florestal do Ceará fica em Quixadá (Foto: Carlos Gibaja/Governo do Ceará)

Nos primeiros sete meses de 2020, o Ceará registrou 781 incêndios em vegetações. Para agilizar o combate dessas ocorrências, comuns devido ao clima seco, foi inaugurada neste sábado, 7, em Quixadá, a sede do 1º Batalhão de Combate a Incêndio Florestal do Estado. O equipamento teve um investimento total de mais de R$ 2 milhões, contando com a construção de 1.400 m² de área, viaturas, material operacional e mobília.

A entrega foi realizada pelo governador Camilo Santana (PT), acompanhado do secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, e do comandante geral do Corpo de Bombeiros, Eduardo Holanda.

"O equipamento foi implantado numa área estratégica para auxiliar a região do Sertão Central, que é mais sensível à queimadas, e para gerenciar em nível estadual a logística e o combate aos incêndios em vegetação", divulgou Camilo por meio das redes sociais. 

Incialmente, 20 bombeiros atuarão no local, mas, segundo Camilo, o efetivo empregado chegará a 35 militares. "Esse novo quartel representa um reforço operacional ao Corpo de Bombeiros na missão de preservar as florestas do nosso Ceará e auxiliar nas ações de salvamento", reforçou o chefe do governo estadual.

A unidade foi construída pela Superintendência de Obras Públicas (SOP) ao lado do Aeroporto de Quixadá. No local estão de prontidão duas viaturas operacionais, uma viatura nova de combate a incêndio e salvamento (ABTS), sendo uma das cinco primeiras adquiridas pelo governo com este perfil, podendo atuar tanto no combate a incêndio como na busca e salvamento.

Outra viatura do tipo pick-up 4×4 também está disponível, equipada com bomba-tanque portátil de incêndio florestal concebida para melhorar o tempo de resposta das ocorrências além de combater focos de fogo em locais de difícil acesso.

Comandante geral do Corpo de Bombeiros do Ceará, Eduardo Holanda enfatizou que o batalhão conta com equipamentos de primeira linha e profissionais qualificados. 

Além da atuação operacional na região do Sertão Central, o 1º Batalhão de Combate a Incêndio Florestal também vai prestar serviços de fiscalização e vistorias de edificações por meio do Comando de Engenharia e prevenção de incêndio (CEPI).