PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Ceará regista chuvas em 22 municípios, mas Fortaleza mantém tempo abafado

Para amanhã, de acordo com a Funceme, há possibilidade de chuva no Maciço de Baturité, nos litorais de Fortaleza e Pecém

Júlia Duarte
12:01 | 05/11/2020
Chuvas no Ceará (Foto: Sandro Valentim/O POVO))
Chuvas no Ceará (Foto: Sandro Valentim/O POVO))

O Ceará registou, até às 7 horas desta quinta-feira, 5, precipitações em 22 municípios. O maior registro foi em Aiuaba, no Sertão do Inhamuns, com 25mm. Em seguida está Tauá, com 20mm. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), ao longo desta quinta, as áreas com maiores chances de chuva são Ibiapaba, Litoral Norte e o Sertão Central e Inhamuns. O céu deve ficar parcialmente nublado.

O Litoral de Fortaleza tem possibilidade de precipitação até início da tarde, mas a predominância é de tempo abafado. Já para amanhã, de acordo com a Funceme, há possibilidade de chuva no Maciço de Baturité e nos litorais de Fortaleza e Pecém.

LEIA MAIS: Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 60 km/h em 30 municípios cearenses

+Ceará registra chuva nesta terça-feira superior a 100 milímetros

Esse cenário de chuvas é causado pela atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). O fenômeno consiste em nuvens com orientação noroeste-sudeste, indo da região amazônica até o sudeste do Brasil. Além da ZCAS, o Ceará sofre a influência de um Sistema Frontal ao sul da Bahia.

A presença de nuvens sobre o território cearense, com a redução da velocidade dos ventos, torna mais comum esse "tempo abafado". Segundo a Funceme, desde a quarta-feira até esta sexta está havendo chances de rajadas de vento variando entre 27 e 37 km/h. Mesmo assim, a sensação de calor vai seguir firme.

“O vento retira calor da nossa pele, facilita a evaporação do suor. A sensação de calor diminui, então, aquela sensação de ‘abafado’ fica menos intensa", explica em nota o meteorologista da Funceme, Raul Fritz. De acordo com a Fundação, novembro é um mês tipicamente quente. As temperaturas máximas médias passam dos 30ºC em todo o Estado, conforme as normais climatológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). E apesar das precipitações que aconteceram no começo do mês, novembro tem um média baixa para chuvas, ficando, na média, em 31,6 milímetros.

Confira os maiores acumulados de hoje:

Aiuaba (Posto: Bom Nome) : 25.0 mm

Tauá (Posto: Carrapateiras) : 20.0 mm

Potengi (Posto: Vila Escondido) : 17.0 mm

Campos Sales (Posto: Campos Sales) : 9.5 mm

Viçosa Do Ceará (Posto: Sitio Vambira) : 7.0 mm

Jijoca De Jericoacoara (Posto: Jericoacoara) : 5.0 mm

Acaraú (Posto: Lagoa Do Carneiro) : 4.1 mm

Jucás (Posto: Jucas) : 4.0 mm

Crateús (Posto: Belem) : 4.0 mm

Assaré (Posto: Aratama) : 4.0 mm