PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Operação Expurgo: dez chefes de organizações criminosas são presos no Vale do Curu

Além das prisões, ação resultou na apreensão de drogas, de dinheiro em espécie e de materiais utilizados em venda de drogas

15:19 | 17/07/2020
 Policia Civil do Ceará foi um dos órgãos a participar de ação (Foto: Aurélio Alves/O POVO)
Policia Civil do Ceará foi um dos órgãos a participar de ação (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Dez chefes de organizações criminosas, responsáveis por crimes como tráfico de drogas, homicídios, roubos e corrupção de menores, foram presos na manhã desta sexta-feira, 17, no Vale do Curu, região localizada no litoral oeste do Ceará. As prisões ocorreram durante a Operação Expurgo, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e executada por órgãos de segurança, como a Polícia Civil e o Batalhão da Polícia Militar e do Comando Tático Rural (Cotar).

De acordo com informações do MPCE, os agentes estiveram em endereços estratégicos, localizados no municípios de Apuiarés, General Sampaio e Pentecoste. As equipes buscavam cumprir 20 mandados de prisões preventivas, temporárias e de busca e apreensão, requeridos pela Polícia Civil e pelo MPCE.

LEIA MAIS | Polícia Civil cumpre mandados contra grupo que fazia comércio de drogas por redes sociais

Maioria dos presos que voltou ao Ceará de presídios federais é do CV ou PCC

Policial deprecia mulheres militares em áudio, gera ações de repúdio no Ceará e inquérito é aberto

Segundo Ministério, o objetivo da ação era “retirar do meio social” criminosos que colocavam a segurança das três cidades em risco. Os agentes ainda conferiram se todos os investigados pela operação, que já respondem por crimes, cumpriam medidas cautelares que haviam sido estabelecidas judicialmente.

Além da prisão dos líderes de tráfico, a operação ainda teve como resultado a apreensão de drogas, de dinheiro em espécie e de materiais utilizados pelos líderes na venda de drogas. No momento da ação, uma rinha de galos foi desmontada por agentes e um botijão de gás, que servia como cofre e guardava valores significativos, foi descoberto.