PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Em Reriutaba, 193 profissionais de saúde recebem 14º salário por combater o coronavírus

Servidores afastados ou que não estejam atuando na linha de frente não receberam o benefício

Catalina Leite
12:32 | 09/07/2020
Foram beneficiados profissionais de 25 categorias (Foto: Divulgação/Prefeitura de Reriutaba)
Foram beneficiados profissionais de 25 categorias (Foto: Divulgação/Prefeitura de Reriutaba)

A Prefeitura de Reriutaba pagou a primeira parcela do 14º salário para profissionais de saúde atuando na linha de frente da pandemia da Covid-19 nessa quarta-feira, 8. Foram 193 servidores beneficiados entre 25 categorias, incluindo as menos lembradas popularmente, como motoristas e copeiros hospitalares. Servidores afastados ou que não estejam atuando na linha de frente não receberam o benefício.

Ao O POVO, o prefeito Osvaldo Neto (PDT) explicou que o salário é uma medida de reconhecimento e retribuição ao trabalho dos profissionais. Ele conta que muitos estão inseguros por causa da incerteza frente ao novo coronavírus, ainda em descoberta por cientistas do mundo todo.

LEIA TAMBÉM | Ceará chega aos 130.922 casos de Covid-19, com 6.691 mortes e 104 mil recuperados

De acordo com a plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), Reriutaba tem 152 casos confirmados e 6 óbitos por Covid-19, além de 54 recuperados. Dos casos confirmados no Município, 20 são profissionais de saúde. Não há nenhum óbito entre a categoria. Quinze servidores já se recuperaram, enquanto cinco estão entre os casos suspeitos. Os dados foram atualizados às 9h4min desta quinta-feira, 9.

Profissionais contaminados

Técnicos e auxiliares de enfermagem foram os mais contaminados (8), seguidos de enfermeiros (6). Também integram os casos confirmados agentes de combate a endemias (2), condutores de ambulância (2), recepcionistas (1) e agentes comunitários de saúde (1).

LEIA TAMBÉM

| Em maio, auxiliares e técnicos de enfermagem eram principais vítimas de Covid-19 entre profissionais de saúde

| Após mortes por Covid-19, Conselho de Enfermagem pede o afastamento de profissionais que estão no grupo de risco

O prefeito Osvaldo Neto garante que esses profissionais foram afastados do serviço em concordância com os protocolos estaduais e municipais, e que são acompanhados por equipe especializada de saúde - incluindo psicólogos.

Os profissionais beneficiados ainda receberão a segunda parcela do 14º salário, em novembro deste ano. O adicional foi sancionado pela Lei Municipal 153 do dia 30 de junho de 2020.

Medidas de Reriutaba

“Desde o primeiro momento, o Município fez um plano de contingência. Fizemos isolamento no Centro da Cidade, para evitar maior fluxo de pessoas”, comenta o prefeito. Entre outras medidas, está a distribuição de cerca de 20 mil máscaras para a população e agentes de segurança que estão auxiliando na manutenção de distanciamento mínimo em filas de bancos e lotéricas.

Ainda, duas unidades de saúde tiveram horário de atendimento ampliado, para evitar aglomerações. O Hospital Rita Vale Rego foi reformado, recebendo uma ala para pacientes com sintomas respiratórios.

LEIA TAMBÉM | "Foi um guerreiro, filho", diz mãe sobre criança de um ano que morreu por Covid-19 em Tamboril

Reriutaba está a 284,7 km de distância de Sobral, segundo município com mais casos no Estado: 7.877 confirmados, 253 óbitos e 6.755 recuperados. Os dados são do IntegraSUS.