PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Polícia investiga nova queima de fogos de artifício em diversos pontos de Fortaleza

O som dos fogos de artifício foi ouvido em vários bairros da Capital e até em cidades da Região Metropolitana e no Norte do Ceará

20:37 | 20/06/2020

O mês das festas juninas teve fogos de artifício soltos em vários pontos da Capital e em cidades do Interior do Estado neste sábado, 20, mas a razão do festejo não era o São João. A comemoração teria sido em decorrência da 'demarcação" de duas novas localidades para a facção Guardiões do Estado (GDE): o bairro da Maraponga, em Fortaleza, e a praia do litoral leste da Caponga, em Cascavel. Mensagens foram divulgados pelo aplicativo de mensagens Whatsapp avisando de que fogos de artifício seriam soltos às 20 horas deste sábado, em vários pontos da Capital.

As rajadas foram ouvidas em vários pontos da Capital: Conjunto Ceará, Cajazeiras, Cidade Jardim, Maraponga, São Gerardo, Granja Portugal, Bom Jardim, Papicu, Vila Manoel Sátiro, José Walter, São João do Tauape, Morro de Santiago e Sâo Cristóvçai. Os disparos também foram escutados em cidades da Região Metropolitana de Fortaleza, como Caucaia e Pindoretama, e da Região Norte do Estado, como Forquilha.

Em nota enviada pela assessoria de comunicação, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (PCCE) informa que a Polícia Civil do Estado do Ceará (SSPDS) está com investigações em andamento com o objetivo de identificar e capturar indivíduos que aparecem em imagens divulgadas nas redes sociais soltando fogos em alusão a um grupo criminoso. A SSPDS reiterou na nota que os casos que chegam ao conhecimento das autoridades policiais são devidamente apurados e orienta a população a comunicar os fatos por meio do Disque-Denúncia da SSPDS, pelo número 181. Para registrar a denúncia, não é necessário se identificar. O sigilo e anonimato da fonte são garantidos.