PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Prefeitos de Jijoca e Cruz afirmam que cidades não serão afetadas por ausência de festas de Carnaval

Recursos serão aplicados em outras áreas da gestão pública. Prefeitos afirmam que municípios têm outras festas ao longo do ano

14:30 | 17/02/2020
Foliões aproveitam outras formas de curtir o carnaval sem sair da região de Jijoca de Jericoacoara
Foliões aproveitam outras formas de curtir o carnaval sem sair da região de Jijoca de Jericoacoara (Foto: Alex Uchôa)

Algumas cidades do Estado do Ceará não terão festas carnavalescas em 2020. Devido a diversos fatores, dentre eles o de destinar verbas para outras áreas públicas, pelo menos duas cidades litorâneas afirmam que não se sentem afetadas com a decisão. Grande parte das festas que acontece no período é realizada pelos próprios moradores ou por grupos particulares.

Em Jijoca de Jericoacorara, R$ 2 milhões serão investidos na pavimentação asfáltica da sede da Prefeitura e na Saúde do município. O dinheiro, que seria destinado à festa de Carnaval, acabou tendo outro destino.

>> Programação de Carnaval agita o Interior do Ceará, mas Ministério Público monitora gastos

“Realizamos o Carnaval no ano passado, mas não é uma tradição”, diz o prefeito Linderbergh Martins. Conforme ele, não é a primeira vez que a festa não ocorre em Jijoca. Em 2017, o Carnaval também não foi realizado na região, conhecida por seus pontos turísticos, como o Parque Nacional de Jericoacoara.

Linderbergh explica que a não realização da festa não atrapalha o turismo, e diz que o Aniversário do município e o Festival de Quadrilhas, em junho, são mais esperados pela população.

Na cidade de Cruz, a 245 km de Fortaleza, a população não tem a tradicional festa em fevereiro há três anos. O chefe do gabinete da Prefeitura, Valderim Muniz, afirma que a região não tem a folia do Carnaval por ter outras comemorações próximas do período, como o Réveillon na Praia do Preá, litoral do município, em dezembro; o Aniversário da cidade em janeiro; e a Festa do Padroeiro do Ceará, São José, no dia 19 de março. “Por termos outras festas fora do período, a população não cobra. Eles entendem”. No mais, a folia é garantida pelos próprios moradores da região, com atrações e paredões no litoral.

O titular também afirma que o Carnaval de Acaraú compete com o município no período. Neste ano, a cidade, que fica a 9 km de Cruz, terá como atração principal o cantor Luan Santana.

MINISTÉRIO PÚBLICO MONITORA OUTRAS CIDADES DO INTERIOR

O Ministério Público do Ceará (MPCE) está monitorando os gastos das gestões municipais com as festas de Carnaval. Membros do MPCE têm recomendado que determinadas cidades evitem despesas com o período. Paracuru, São Benedito e Carnaubal, por exemplo, terão os gastos analisados de forma que o MPCE tome as “providências cabíveis caso sejam confirmadas atrações com custos superiores” aos que as prefeituras poderiam arcar.

>> Prefeituras destinam verbas do Carnaval 2020 para investir em saúde e infraestrutura

Outras prefeituras do Interior seguiram os mesmos caminhos das cidades litorâneas. Pelo menos três outras cidades - Granja, Tianguá e Ubajara - utilizarão as verbas originalmente destinadas para o Carnaval em investimentos na saúde.