PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Programa "Mais Nutrição" já distribuiu 185 toneladas de alimento desde sua criação

Ações do projeto já beneficiaram 14.286 cearenses desde em junho de 2019

12:21 | 17/01/2020
Programa "Mais Nutrição" já distribuiu 185 toneladas de alimento desde sua criação em junho de 2019
Programa "Mais Nutrição" já distribuiu 185 toneladas de alimento desde sua criação em junho de 2019 (Foto: Thiara Montefusco / Governo do Ceará)

A Fábrica de Polpas e Sopas do Programa Mais Nutrição utiliza alimentos que seriam descartados pelo mercado da Ceasa de Maracanaú e, após tratamento adequado, os destina para 75 instituições de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú, beneficiando 14.287 pessoas. Da sua fundação, em julho de 2019, até janeiro de 2020, a fábrica já distribuiu 185 toneladas de alimentos “in natura” e mixes desidratados.

As ações do projeto “Mais Nutrição” estão inseridas dentro das práticas do programa “Mais Infância Ceará” idealizado pela primeira-dama do Estado Onélia Santana como forma de articular ações para promover o desenvolvimento infantil.

O Mais Nutrição tem como objetivo o combate ao desperdício de alimentos, aproveitando frutas e legumes em boas condições de consumo, mas que não apresentam condições para serem comercializados, doados por permissionários da Ceasa de Maracanaú e empresas privadas.

Os legumes e hortaliças selecionados para o consumo passam por uma higienização com cloro e demais produtos específicos para eliminar microrganismo. Depois, são descascados, cortados em pequenos cubos e desidratados, para que então sejam misturados nas embalagens apropriadas e depois distribuídos para as instituições que normalmente fazem sopa com o material recebido.

As frutas passam por um processo parecido de seleção e higienização. Depois, são encaminhadas para a despolpadeira para que então sejam enviadas para o congelamento e armazenamento para serem doadas.