PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

328 caranguejos capturados ilegalmente são devolvidos ao Parque Nacional de Jericoacoara

O resgate foi realizado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

18:05 | 06/01/2020
Caranguejos estão em período reprodutivo
Caranguejos estão em período reprodutivo (Foto: Divulgação/Assessoria da Semace)

Um total de 328 caranguejos foram devolvidos ao Parque Nacional de Jericoacoara. Os crustáceos da espécie caranguejo-uçá foram resgatados na localidade do Mangue Seco, na última sexta-feira, 3. Os animais capturados ilegalmente são conhecidos pela preferência de proprietários de barracas de praia e tiveram sua coleta proibida por estarem em uma unidade de conservação. Um suspeito foi preso em flagrante pelo crime ambiental e depois liberado.

Os caranguejos estavam em sacolas e seriam levados para serem consumidos nas barracas. O resgate foi realizado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O suspeito preso, que não teve nome divulgado pela Polícia, foi encaminhado para a delegacia da Polícia Federal em Fortaleza e autuado por crime ambiental - que pode gerar uma pena de 1 a 3 anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. Ele foi solto em custódia na tarde do último sábado, 4.

A operação Réveillon, que fez o patrulhamento em várias áreas do Ceará para evitar crimes ambientais e ordenar a visitação de turistas, iniciou no último dia 27 e teve fim hoje, 6. A Semace informa que é a primeira apreensão de animais durante uma operação.