PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Freiras em idade avançada recebem visita da Justiça em convento

A visita teve como objetivo realizar parte do procedimento de curatela, avaliando as condições de vida em que elas se encontram

19:34 | 28/11/2019
De acordo com o juiz Henrique Jorge dos Santos Falcão, titular da 1ª Vara, a visita possibilitou analisar medidas judiciais adequadas para as freiras.
De acordo com o juiz Henrique Jorge dos Santos Falcão, titular da 1ª Vara, a visita possibilitou analisar medidas judiciais adequadas para as freiras. (Foto: Reprodução/TJCE)

Freiras do Convento das Irmãs Cordimarianas foram surpreendidas na última sexta-feira, 22, por uma comitiva da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de Caucaia. Quatorze mulheres em idade avançada e sem possibilidade de deslocamento ao Fórum receberam visita de integrantes do sistema de Justiça.

A visita teve como objetivo realizar parte do procedimento de curatela, avaliando as condições de vida em que elas se encontram. A curatela funciona como uma rede de proteção para pessoas que são maiores de idade e não estão aptas a conduzir a própria vida. Pessoas que possuem doenças graves, que não conseguem comunicar suas vontades e ou que tenham alguma doença mental são exemplos de grupos que podem ser curatelados.

De acordo com o juiz Henrique Jorge dos Santos Falcão, titular da 1ª Vara, a visita possibilitou analisar medidas judiciais adequadas. "A ação in loco [no próprio local] proporcionou aproximação entre a sociedade e o Judiciário para uma maior efetividade da prestação jurisdicional, possibilitando aos integrantes do sistema de Justiça presenciar a vivência das irmãs religiosas e analisar as medidas judiciais adequadas a cada caso concreto”, afirmou.