PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Escolas do Ceará devem aderir a novo ensino médio já em 2020

Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) aguarda a oficialização do edital de adesão das escolas

10:59 | 28/11/2019
GOVERNADOR CAMILO participou de seminário sobre educação em São Paulo
GOVERNADOR CAMILO participou de seminário sobre educação em São Paulo (Foto: DIVULGAÇÃO)

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quarta-feira, 27, que 500 escolas estarão no modelo do novo ensino médio. O comunicado foi feito no evento  “Perspectiva e fortalecimento da política de ensino médio em tempo integral nos Estados”, em São Paulo. No Ceará, o número pode variar entre 9 e 25.

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) afirma ter conhecimento da divulgação, mas ainda aguarda a oficialização do edital de adesão. As escolas terão suas estruturas e metodologias adaptadas, sem a construção de novas escolas para essa mudança. Afirma também que, em breve, deve divulgar quantas escolas devem se converter ao modelo em 2020. A Seduc acrescenta  que "as unidades de ensino seguirão o mesmo modelo. O novo ensino médio pretende adotar a jornada prolongada". As mudanças serão feitas de forma gradual, a partir do próximo ano.

Ensino Médio de cara nova

A nova estrutura do ensino médio foi anunciada em 2017 e se baseia, principalmente, na flexibilização do currículo escolar, em que o estudante poderá escolher a área que deseja se aprofundar. Entre as escolhas estão Matemáticas e suas Tecnologias, Linguagens e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, além de formação técnica e profissional.

A mudança abrange também o aumento do tempo mínimo do aluno na escola indo de 800 horas para 1.000 horas anuais, gradativamente até 2022.

Com informações de Lucas Braga, que viajou a São Paulo a convite do Instituto Natura