PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Governador anuncia data de convocação de turma de bombeiros que atuou no desastre do edifício Andréa

Parte da turma trabalhou como voluntária nos serviços para retirada de escombros do edifício

16:39 | 22/10/2019
Alguns bombeiros trabalharam como voluntários do resgate às vítimas do edifício Andréa
Alguns bombeiros trabalharam como voluntários do resgate às vítimas do edifício Andréa (Foto: JÚLIO CAESAR)

Em live transmitida pelo Facebook e Instragram, o Governador Camilo Santana anunciou a data de convocação dos 218 bombeiros concursados que esperavam início de atividades. Ele diz que os bombeiros podem assumir suas funções a partir do dia 2 de dezembro deste ano, uma segunda-feira. A turma, conhecida como T2, concluiu o curso de formação de praças em novembro de 2018 e alguns atuaram voluntariamente na retirada de escombros do edifício Andréa.

Em live, ele também anuncia alguns aprovados de outros concursos, e datas que irão assumir. 192 novos agentes penitenciários, no dia 31 de outubro; convocação de concursados da Secult, no dia 5 de novembro; e a homologação do concurso feito para a Secretaria da Educação, no dia 27 de dezembro.

Em transmissão, o governador também comentou sobre alguns assuntos perguntados pelas pessoas:

> Ao ser questionado sobre as rodovias cearenses, o governador afirma que serão recuperados cerca de 1,7 mil quilômetros de estrada em todo o Estado. O Governo investe R$ 219,4 milhões e a melhoria alcança 86 cidades cearenses.

> Camilo Santana afirmou que neste ano o Ceará foi o Estado que mais reduziu homicídios no Brasil. As estatísticas de redução este ano foram de 52,4%. Ele pretende tornar o Estado referência nacional na área.

> Ele conta que o governo criou um grupo de monitoramento junto com Casa Civil, Sema, Semace, prefeituras, Ibama, Setur, Detran, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Labomar, Nutec, IFCE, Marinha e as ONGs Acquasis e Instituto Verde Luz, para vigiar a questão das manchas de óleo que estão aparecendo no litoral brasileiro. Ele contou que o Ceará, Piauí e Maranhão foram os estados menos afetados pelas manchas de óleo, por conta das localizações dos Estados. “Já foram realizados mutirões e retirados cerca de 800 quilos de material, um volume pequeno em comparação a outros estados. Estamos atentos a essa questão. Nós, governadores do Nordeste, pedimos ao Governo Federal que tomasse as providência necessárias não só para identificar os responsáveis, como também um trabalho de ajuda na recuperação das praias afetadas” conta Camilo.

Você também pode gostar: